A A A A A
Bible Book List

Salmos 9-16O Livro (OL)

Salmo de David.

Para o director do coro.

1/2 Ó Senhor, eu te louvarei de todo o meu coração,
e quero contar todas as tuas maravilhas.
Tu me enches de alegria;
por tua causa estou cheio de júbilo,
ó Deus, que estás acima de tudo.

Os meus inimigos recuaram,
caíram e morreram na tua presença.
Porque tu me defendeste e me apoiaste.
Aí onde te encontras, sempre julgas com toda a justiça.
Repreendeste as nações, e destruíste os maus:
nunca mais se terá lembrança deles na Terra.
Vocês, meus adversários, estão condenados para sempre.
O Senhor destruirá as vossas cidades,
    e ninguém mais se lembrará delas.

Quanto ao Senhor, ele vive para sempre.
O seu tribunal está já preparado para julgar.
Ele mesmo julgará o mundo com justiça,
    e as nações com toda a rectidão.
Todos os que estão oprimidos encontrarão nele refúgio,
    um perfeito refúgio nos tempos de angústia.
10 Em ti confiarão todos os que conhecem a força do teu nome;
pois tu, Senhor, nunca desamparaste os que te buscam.

11 Cantem louvores ao Senhor, que habita em Jerusalém.
Digam a toda a gente tudo o que ele fez.
12 Aquele que sabe vingar o assassínio
    lembra-se certamente de todos os que a ele clamam por justiça.
Não se esquece das orações dos que estão aflitos.

13 Tem misericórdia de mim, Senhor;
vê como sofro nas mãos daqueles que me odeiam.
Tu podes arrebatar-me das garras da morte.
14 Salva-me, para que possa louvar-te publicamente,
    nas praças de Jerusalém,
e para que me alegre por me teres salvo.

15 Os povos caíram nas covas que eles mesmos abriram
    para os outros nelas ficarem cativos.
Ficaram presos nas armadilhas que prepararam.
16 Toda a gente sabe a maneira como o Senhor castiga os maus,
    apanhando-os nas suas próprias ciladas!

17 Os maus serão lançados no inferno,
assim como todos os que se esquecem de Deus.
18 Porém os que vivem na necessidade jamais serão esquecidos;
nem as esperanças dos pobres serão de forma alguma iludidas.

19 Levanta-te, Senhor, que o homem não seja vencedor!
Que os povos sejam julgados na tua presença!
20 Fá-los tremer de medo, Senhor, para que saibam que, afinal,
    não são mais do que meros seres humanos.

10 Senhor, porque te manténs distante?
Porque te escondes quando eu mais estou angustiado?

Essa gente ruim,
que no seu orgulho e maldade persegue furiosamente o pobre,
que seja apanhada nas ciladas que preparou para os outros!
Pois ainda se gabam de obter tudo o que pretendem;
louvam os que fazem do dinheiro um ídolo,
    e ainda insultam Deus.
Por causa do seu orgulho, essa gente má não quer pensar,
    não se lembra sequer de procurar Deus.
Tudo o que sabem dizer é que Deus está morto.
Acontece até que são bem sucedidos no que fazem,
e os inimigos deles vão caindo na sua frente.
Para eles, o teu castigo
    é coisa que está bem longe, lá nas alturas.
Dizem no seu íntimo:
“Ninguém me derrubará.
Nunca me verei em dificuldades”.

A sua boca está sempre cheia de juras,
    de mentiras, de falsidade e astúcia.
Têm sempre, debaixo da língua, malícia e maldade.
Põem-se à espreita,
    na vizinhança dos povoados
    e em lugares escondidos,
para assassinarem os inocentes.
Como leões, nos seus esconderijos,
    preparam-se para cair inesperadamente sobre os pobres,
e como caçadores para roubar os infelizes
    que são apanhados nas suas redes.
10 Prepara-se habilidosamente para saltar sobre as suas vítimas,
    que subjugam com a sua força.
11 E dizem em si mesmos: “Deus não vê”.
Ou então: “Deus nunca virá a saber disso”.

12 Levanta-te, Senhor!
Ó Deus, ergue a tua mão para os castigares.
Não te esqueças dos que estão em necessidade.
13 Porque há-de insultar-te o mau
    dizendo que nunca mais pedirás contas?
14 Senhor, tu vês o que eles andam a fazer.
Tomas nota de todas as suas más acções,
    de toda a tristeza e aflição que têm causado;
tu os castigarás.
O pobre entrega-se aos teus cuidados.
És o auxílio do desamparado.
15 Quebra o braço do perverso;
persegue-os até que desapareça a sua maldade,
    sem que nada fique de resto.

16 O Senhor é rei para todo o sempre.
Da sua terra serão varridos os povos pagãos.
17 Senhor, deste ouvidos aos desejos dos que querem paz.
Confortarás os seus corações;
os teus ouvidos estarão sempre abertos para eles,
18 assim como também para fazeres justiça
    aos desamparados e aos oprimidos,
a fim de que os habitantes da Terra não continuem a usar da violência.

Salmo de David.

Para o director do coro.

11 Eu confio no Senhor!
Sendo assim, como é que vocês são capazes de me dizer:
“Foge para o cimo da montanha,
    para que encontres a segurança.
Porque os maus já retesaram os seus arcos,
    puseram as flechas na corda,
para as atirarem contra os que se conduzem com rectidão.
“Na realidade, os alicerces da lei e da ordem estão desfeitos”,
    dizem eles. “Que pode fazer o justo?”

Mas o Senhor ainda está presente, no seu santo templo.
Ele ainda está a governar lá dos céus;
vigia atentamente a Terra.
Se por um lado ele põe à prova a vida do justo,
    por outro, aborrece o mau, e os que amam a violência.
O Senhor fará chover fogo e enxofre sobre os maus.
Um vento tempestuoso os queimará.
Porque Deus é justo, e ama a justiça.
Os que amam Deus verão o seu rosto.

Salmo de David.

Para o director do coro.

12 Socorre-nos, Senhor!
Porque os homens piedosos estão a desaparecer!
São poucos os que te são fiéis, de entre os humanos.
Cada um procura enganar o seu próximo.
São lisonjeiros e falam sem sinceridade.

Mas o Senhor castigará os que falam com adulação e altivamente,
    e que dizem: “Continuarei a falar como me apetece.
A boca é minha. Que tenho eu a ver com Deus?”.
E o Senhor responde:
“Eu me levantarei para defender os pobres da opressão,
    para fazer calar os gemidos dos infelizes.
Darei salvação aos que suspiram por ela”.

A palavra do Senhor é sincera;
ela é tão verdadeira como a prata, refinada no forno sete vezes.
Tu guardarás para sempre os que são teus, Senhor,
    fora do alcance da influência desta geração má,
na qual a gente perversa aparece por toda a parte,
e os seus filhos mais depravados
    chegam a ser os mais admirados e louvados.

Salmo de David.

Para o director do coro.

13 Até quando te esquecerás de mim, Senhor?
Será para sempre?
Até quando esconderás de mim o teu rosto?
Até quando terei de estar, dia após dia,
    metido comigo mesmo,
acumulando a tristeza no meu coração?
Até quando é que o meu inimigo
    continuará a ter vantagens sobre mim?
Repara na minha situação e responde-me, Senhor meu Deus.
Dá-me a tua luz, para que eu não morra nas trevas.
E para que o meu adversário não diga: “Já o tenho na mão”,
e para que os que me querem mal
    não possam alegrar-se por eu ter caído.

Mas eu confio na tua misericórdia.
O meu coração se alegra na tua salvação.
Hei-de cantar ao Senhor,
    porque tem sido muito o bem que me tem feito.

Salmo de David.

Para o director do coro.

14 Diz o louco para consigo mesmo: “Deus não existe”.
Todos se têm corrompido e degenerado.
Não há ninguém que faça o bem.

O Senhor olha desde os céus sobre toda a humanidade,
para ver se existe alguém que saiba conduzir-se com sabedoria,
    e busque Deus.
Todos se desviaram e juntamente se corromperam.
Não há quem faça o bem, absolutamente ninguém!
Serão assim tão ignorantes, esses malfeitores,
    que devoram o meu povo como se comessem pão?
Recusam chamar por Deus.

O terror dominará as suas vidas,
    porque Deus está com os que o buscam.
Vocês desprezam o direito dos pobres,
    mas o Senhor é o refúgio deles.
Que bom seria se já tivesse vindo de Sião
    o livramento do povo de Deus!
Que alegria será quando o Senhor vier libertar os presos do seu povo
    e salvar Israel!

Salmo de David.

15 Senhor, quem pode achar refúgio na tua casa,
    e ficar contigo no teu santo monte?
Certamente aquele que anda em rectidão,
    que pratica a justiça e que fala verdade.
Aquele que não calunia os outros,
    que respeita o próximo
    e não dá ouvidos à maledicência;
aquele que sabe censurar quem pratica o pecado,
mas que elogia os que seguem com fidelidade o Senhor;
e também aquele que quando faz uma promessa
    a cumpre,
ainda que fique prejudicado, nada o fará mudar de ideias;
aquele que ajuda os pobres
    sem esperar deles pesados serviços em recompensa
e que recusa dar ouvidos a queixas contra o inocente
    ou servir de testemunha contra ele.
Uma pessoa assim permanecerá firme para sempre.

Salmo de David.

16 Guarda-me, ó Deus,
    porque confio em ti.
Eu disse ao Senhor:
“Tu és o meu Senhor.
Não tenho outra riqueza além de ti”.

Quero a companhia dos filhos de Deus nesta terra.
Eles são a verdadeira nobreza.
Terão muito a sofrer,
    todos esses que prestam culto a outros deuses.
Quanto a mim, nunca hei-de oferecer os sacrifícios que eles fazem,
nem sequer pronunciarei o nome dos seus deuses.

O Senhor mesmo é a minha herança
    e a minha recompensa.
Ele é quem guarda tudo o que me pertence.
Ele faz com que a parte que me toca, nesta vida, seja deliciosa.
Sim, é como uma herança maravilhosa!

Louvarei o Senhor,
    que sempre me tem aconselhado.
Até durante a noite ele me ensina,
    e me diz o que devo fazer.

Tenho posto o Senhor continuamente diante de mim.
E, visto que ele está ao meu lado, não cairei.
Portanto o meu coração está alegre;
    a minha alma está satisfeita.
O meu corpo repousará em segurança.
10 Não deixarás a minha alma no inferno;
nem permitirás que o teu santo se corrompa na sepultura.
11 Tornaste a dar-me a vida,
    e as abundantes alegrias que há na tua presença.
A vida ao teu lado é um gozo permanente!

O Livro (OL)

O Livro Copyright © 2000 by Biblica, Inc.® Used by permission. All rights reserved worldwide.

  Back

1 of 1

You'll get this book and many others when you join Bible Gateway Plus. Learn more

Viewing of
Cross references
Footnotes