A A A A A
Bible Book List

Salmos 58-65O Livro (OL)

Salmo de David.

Para o director do coro.

58 Justiça? Vocês, os grandes na sociedade,
    nem sequer sabem o que isso é!
Imparcialidade? Algum de vocês a sabe aplicar?
No vosso coração forjam planos de maldade,
    para depois fazerem pesar sobre a terra
    a violência e o suborno.
Essa gente nasceu já pecadora,
    mentindo e agradando-se com o erro,
    desde que nasceram.
O seu veneno é como o das serpentes;
são como víboras, surdas perante o mais hábil encantador.

Quebra-lhes os dentes, ó Deus.
Parte os queixais desses filhos de leões.
Desapareçam como a água numa terra seca e arenosa.
Despedaça-lhes as armas que seguram nas mãos.
Sejam como lesmas que se desfazem no lodo;
    como os que morrem antes de nascer, sem nunca verem o Sol.
Deus arrebatará, tanto os velhos como os novos.
Ele os destruirá mais depressa do que o tempo que é preciso
    para uma panela aquecer sobre o fogo crepitante de espinhos secos.

10 Os que temem Deus se alegrarão com a vitória da justiça.
Pisarão os campos da gente má que tiver sido castigada.
11 Então toda a gente verificará que o bem é recompensado,
    e que existe realmente um Deus que julga com justiça na Terra.

Salmo de David.

Para o director do coro. Lembrando a ocasião em que Saul

mandou cercar a sua casa para o matar.

59 Livra-me, ó Deus, dos meus inimigos.
Livra-me daqueles que se levantam contra mim.
Livra-me desta gente que pratica a iniquidade e o crime.

Armam ciladas contra a minha vida.
São homens violentos
    que se preparam para me caírem em cima,
    sem que eu lhes tenha feito mal algum.
Agitam-se e têm pressa de me liquidarem,
    ainda que sem razão nenhuma para tal.
Olha para o que está a acontecer, Senhor,
    e desperta para me ajudares!
Ao mesmo tempo tu, Senhor Deus,
chefe dos exércitos celestiais, Deus de Israel,
levanta-te para castigares as nações pecadoras que nos cercam.
Não poupes nenhum desses homens maus e traiçoeiros.
Ao anoitecer vêm espiar-me,
    andando em volta como cães, rondando a cidade.
Ouço-lhes os insultos, que ferem como espadas;
blasfemam contra Deus e pensam:
“Ninguém nos ouve”.
Mas tu, Senhor, ris-te deles,
    e também vês como são ridículas essas nações todas.

Ó Deus, tu és a minha força.
Espero em ti porque és a minha segura defesa.

10 Deus nunca mudará o seu amor por mim.
Ele fará com que eu veja cumprido o meu desejo
    a respeito dos meus inimigos.
11 Não os mates, pois o meu povo logo esquece esse tipo de lições.
Mas antes que o teu poder os desbarate, os disperse, e os abata,
    Senhor, pois és a nossa protecção.
12 São uns arrogantes. Deles só saem maldições e mentiras.
E por essas mesmas coisas serão condenados.
13 Destrói-os com a tua severidade, liquida-os
    de forma que todo o mundo saiba que Deus governa em Israel
    e que domina toda a Terra.

14/15 E então, eles que tornem a vir espiar-me ao anoitecer,
    e que rondem a cidade como cães,
    uivando e procurando comida, para matarem a fome,
que quanto a mim não deixarei de cantar a tua força.
16 Desde manhã cedo cantarei com alegria o teu amor.
Pois tens sido o meu refúgio bem seguro,
    a minha segurança nos momentos de angústia.
17 A ti, pois, minha força, cantarei louvores.
Tu és quem me defende e me ama.

Salmo de David. Segundo a melodia “Os lírios”. Poema de instrução.

Quando David lutou contra os arameus de Mesopotâmia e de Zobá,

e Joabe, ao regressar, matou no vale do Sal doze mil edomitas.

60 Deus, tu rejeitaste-nos e desbarataste-nos.
Tens estado zangado connosco.
Mas volta-te de novo para nós.
Fizeste tremer esta terra, dividiste-a em pedaços.
Cura-a agora, pois está abalada até nos seus fundamentos.
Fizeste-nos passar por coisas muito duras
    e beber amargo sofrimento.

Mas deste uma bandeira a todos os que te temem
    para que se reagrupem
    e a levantem bem alto pela causa da verdade.
Salva-nos, para que o povo que amas seja livre.
Ouve-nos e emprega toda a capacidade do teu braço para nos livrar.

Deus jurou pela sua santidade:
“É justo que me encha de alegria,
    porque hei-de repartir Siquem como terra que é minha,
    e hei-de medir o vale de Sucote
    como propriedade que me pertence.
Gileade e Manassés ainda são meus!
Efraim é o apoio da minha força
e Judá me dará governantes.
Por outro lado Moabe para mim é uma bacia de lavar,
e Edom é como o sítio para onde lanço os sapatos quando me descalço.
Sobre a Filisteia bradarei vitória.

Quem me fará entrar em triunfo nas cidades fortificadas de Edom?
10 É Deus certamente,
    ainda que antes nos tenha rejeitado
    e tenha abandonado os nossos exércitos ao inimigo.
11 Auxilia-nos nos tempos de aperto,
    pois que de nada vale o socorro humano.
12 Com Deus faremos coisas formidáveis,
    e ele esmagará os nossos inimigos.

Salmo de David.

Sobre instrumentos de cordas. Para o director do coro.

61 Ouve, ó Deus, o meu clamor! Atende à minha oração!
Ainda que esteja no fim do mundo clamarei por ti,
    pois o meu coração está abatido.
Leva-me para essa alta e poderosa rocha de salvação.
Porque tens sido o meu refúgio,
    e como uma alta torre fortificada
    onde o adversário nunca me poderá alcançar.
Morarei na tua santa habitação para sempre.
Estarei seguro ao abrigo das tuas asas.
Pois tu, ó Deus, deste atenção aos meus votos.
Deste-me as bênçãos que reservas aos que temem o teu nome.

Prolongarás a minha vida, a mim, o rei.
Os meus anos serão tão cheios e tão magníficos
    como os de muitas gerações juntas.
E permanecerei diante de Deus para sempre.
Envia a tua benevolência e a tua verdade
    para que guardem e vigiem a minha vida de rei.
Assim cantarei salmos ao teu nome continuamente,
    cumprindo a minha solene promessa de te louvar todos os dias.

Salmo de David.

Para o director do coro.

62 Eu permaneço tranquilo diante de Deus,
    visto que só dele vem a minha salvação.
Só ele é a minha rocha,
    o meu libertador e o meu defensor.
Não me hei-de perturbar quando vierem as aflições.

3/4 Até quando continuarão vocês a tramar o mal contra mim,
    numa altura em que o meu trono está instável;
quando deixarão de querer derrubá-lo
    como uma parede, ou uma vedação pouco segura?
Deleitam-se na mentira, com a boca dizem o bem,
    e no íntimo estão a amaldiçoar.

Mas eu permaneço tranquilo diante de Deus,
    visto que só dele vem a minha salvação.
Só ele é a minha rocha,
    o meu libertador e o meu defensor.
Não me hei-de perturbar quando chegarem as aflições.
De Deus vem a minha salvação
    e aquilo que faz o meu êxito.
Ele é a rocha que me serve de fortaleza.
Sim, o meu refúgio está em Deus.

Confia nele, meu povo, em todo o tempo.
Apresentem-lhe toda a vossa ansiedade,
    porque ele pode socorrer-nos.
Sem dúvida que tanto as pessoas de alta condição
    como as das mais baixas camadas sociais,
    ambas são igualmente como nada aos olhos de Deus.
Pesam menos que o ar numa balança.

10 Não penses que podes prosperar por meio da opressão.
Não fiques satisfeito com o que não passa de roubo.
Se a tua fortuna aumentar, não lhe entregues o teu coração.

11 Deus disse uma coisa que tenho ouvido repetidas vezes,
    que o verdadeiro poder só a ele pertence.
12 E além disso ele é bom
    e nos recompensa segundo o que fazemos para ele.

Salmo de David.

Quando se encontrava no deserto de Judá.

63 Ó Deus, meu Deus!
Desde que acordo, bem cedo, te procuro.
A minha alma tem sede de ti,
todo o meu ser anseia encontrar-te,
    tal como uma terra seca e ressequida
    onde não há uma gota de água.
Eu gostaria de ver, no santuário, a tua força e o teu esplendor!
Porque, para mim, a tua bondade
    vale mais que a própria vida.
Quero louvar-te com os meus lábios.
Enquanto viver, sempre hei-de dizer bem a teu respeito,
    levantando as minhas mãos em oração a ti.
A minha alma ficará feliz
    como quando nos servimos dos alimentos mais ricos.
Louvar-te-ei com enorme alegria.

6/7 De noite, quando fico acordado,
    penso em ti,
    em como tens sido o meu verdadeiro auxílio.
Por isso feliz cantarei
    debaixo da sombra protectora das tuas asas!
A minha alma te segue bem de perto.
O teu braço, hábil e forte, mantém a minha vida.

Mas os que andam atrás de mim para me destruírem,
    descerão às profundezas do inferno.
10 Estão condenados a serem mortos na luta,
    e hão-de tornar-se um alimento para os animais selvagens.

11 Eu, o rei, me regozijarei em Deus.
Todos os que confiam em absoluto em Deus
    serão altamente compensados.
E os mentirosos, esses ficarão reduzidos ao silêncio!

Salmo de David.

Para o director do coro.

64 Ouve-me, ó Deus, nesta minha oração:
Livra-me dos horrores em que os meus inimigos me mantêm.
2/3 Guarda a minha vida
    das intenções malignas dessa gente ruim
    e das maquinações desses malfeitores,
    que transformam as suas línguas em armas de guerra;
apontam e atiram contra mim palavras venenosas.
Disparam, repentinamente, e às escondidas,
    contra o inocente, o justo.
E não têm medo das consequências.
Combinam bem os seus planos de maldade.
Encontram-se para prepararem armadilhas;
    e dizem: “Aqui, ninguém nos apanha”.
Fazem pesquisas, e inquirem de tudo o que podem
    para melhor atingirem os seus fins perversos
    e ferirem os outros no mais íntimo dos seus seres.

Mas Deus mesmo disparará sobre eles,
    e num só momento serão abatidos.
Tudo o que disserem de mal contra os outros
    servirá para sua própria condenação.

Os que virem isso acontecer
    ir-se-ão embora abanando a cabeça.
E toda a gente temerá Deus
    e confessará a grandeza das suas obras.
Todos compreenderão as coisas admiráveis que ele faz.
10 Os que seguem a justiça de Deus
    terão alegria e confiarão nele,
assim como os que andam por caminhos rectos.

Salmo de David.

Para o director do coro.

65 Ó Deus de Sião, nós esperamos diante de ti,
    enquanto te louvamos,
    e assim cumprimos as nossas solenes promessas.
Visto que respondes às orações,
    toda a humanidade virá a ti com os seus pedidos.
Embora os meus pecados pesem muito em meu desfavor
    contudo perdoas todas as transgressões.

Como são felizes aqueles a quem escolheste
    para irem morar contigo no interior do teu santuário.
Que alegrias nos esperam ali,
    rodeados da tua bondade, no ambiente do teu santo templo.

Com feitos espantosos da parte da tua justiça
    tu nos trarás a salvação que te pedimos, ó Deus.
Tu és a esperança da humanidade inteira,
    de um extremo ao outro da Terra,
    até aos confins dos mares.

Ele formou as montanhas, pela sua poderosa força.
Acalma os oceanos em fúria,
    e a violência das suas vagas.
Domina a agitação dos povos.
Os que habitam mesmo nos sítios mais afastados da Terra
    ficarão pasmados com os teus actos gloriosos.
Tanto o nascer como o pôr do Sol
    serão momentos de alegria para todos.
Tu regas a terra para a fazer fértil.
Os rios de Deus nunca secam!
Preparas a terra do teu povo
    enviando-lhe ricas colheitas de cereais.
10 Regas os seus sulcos com chuvas abundantes e regulares.
Os aguaceiros amolecem o terreno, dissolvem os torrões,
    fazendo as sementes brotarem da terra.
11/12 Depois, coroas isso tudo com ricas pastagens verdes,
    até no deserto;
as encostas das montanhas florescem de alegria.
13 Os campos cobrem-se de grandes rebanhos,
    e os vales de cereais.
Por tudo isso o mundo canta de alegria.

O Livro (OL)

O Livro Copyright © 2000 by Biblica, Inc.® Used by permission. All rights reserved worldwide.

  Back

1 of 1

You'll get this book and many others when you join Bible Gateway Plus. Learn more

Viewing of
Cross references
Footnotes