A A A A A
Bible Book List

Salmos 32-35O Livro (OL)

Salmo de David.

32 Felizes aqueles cujas transgressões foram perdoadas,
    cujo pecado é coberto!
Felizes aqueles a quem o Senhor já não acusa de pecado,
e cujo espírito foi limpo de engano!

Houve um tempo em que me calei,
    não quis reconhecer que era pecador;
a minha falta de honestidade tornou-me infeliz
    e encheu-me os dias de decepção.
Dia e noite a tua mão pesava sobre mim.
O meu viver tornou-se como um charco seco durante o verão.
Até que te confessei os meus pecados,
    e deixei de encobrir a minha maldade.
Disse para mim mesmo:
“Confessarei ao Senhor as minhas transgressões”.
E tudo me perdoaste!
Desapareceu a minha culpa!

Depois desta experiência posso afirmar que todo aquele que crê
    deve confessar os seus pecados a Deus,
    enquanto ainda é tempo de ser perdoado.
Se fizer isto, na angústia,
    ainda que semelhante a uma violenta maré cheia,
    não será derrubado.

Tu és o lugar em que me escondo.
Tu me livras no meio das angústias!
Tu me rodeias de alegres cantos de vitória.
“Eu te instruirei”, diz o Senhor,
    “e te ensinarei o melhor caminho a seguires na vida.
Guiar-te-ei com os meus olhos”.
Não sejas como um cavalo selvagem, ou como uma mula,
    que não têm entendimento,
    que precisam de ter um freio na boca para serem dominados.

10 Muitas tristezas têm os maus.
Mas os que confiam no Senhor
    são permanentemente rodeados pelo seu amor.
11 Alegrem-se no Senhor,
    encham-se de alegria aqueles que se abrigam com a sua justiça;
cantem de alegria os que se conduzem com rectidão.

33 Que toda a alegria dos justos se eleve em louvor ao Senhor,
pois aos que são rectos convém que o louvem.
Toquem melodias de louvor com a harpa, com a lira.
Cantem-lhe cantos novos;
Executem bem e com alegria.
Porque a palavra do Senhor é a verdade.
Tudo o que ele faz é digno de confiança.
Deus ama a justiça e a rectidão.
A Terra está cheia de provas do seu amor.
Foi pela palavra do Senhor que os céus foram feitos;
tudo o que está no universo foi criado
    por força daquilo que saiu da sua boca.
Ele pôs um limite aos oceanos,
    mantendo-os nos seus fundos reservatórios.
Que o mundo inteiro, e os seus moradores,
    temam o Senhor e lhe tenham reverência.
Porque falou e tudo se criou.
Mandou e logo tudo apareceu.
10 O Senhor desfaz os planos das nações
    que se revoltam contra ele;
anula as suas intenções.
11 Mas o seu próprio plano permanece para sempre.
Os seus pensamentos são os mesmos em todas as gerações.

12 Feliz é a nação cujo Deus é o Senhor,
    cujo povo ele escolheu para ser seu.
13/14 O Senhor olha desde os céus e vê toda a humanidade;
    da sua morada observa toda a gente.
15 Foi ele quem fez o coração das pessoas,
    e examina de perto tudo o que fazem.
16 Não há exército, por mais bem armado que esteja,
    que possa garantir a salvação até de um chefe de estado.
O ter muita força não livra ninguém.
17 Um cavalo de guerra vale muito pouco para proteger um indivíduo.
18 Mas os olhos do Senhor estão sobre os que o temem e amam,
    sobre os que esperam na sua misericórdia,
19 para os livrar da morte,
    e conservar vivos nos tempos de necessidade.

20 A nossa alma espera pela ajuda do Senhor.
Ele é o nosso auxílio e nos protege como um escudo.
21 Não é de admirar que estejamos alegres,
    pois que confiamos no Senhor
    e na força do seu santo nome.
22 Sim, Senhor, que o teu amor nos rodeie,
    pois esperamos somente em ti!

Salmo de David,

quando se fez passar por louco perante Abimeleque,

o qual o expulsou.

34 Louvarei o Senhor,
    seja quando for e o que possa acontecer.
Falarei constantemente em louvor do Senhor.
Glorio-me no Senhor por tudo o que me tem feito.
Todos os que amam a paz se alegrarão com estas coisas.
Louvemos juntos o Senhor
    e falemos da excelência do seu nome.

Procurei o Senhor
    e respondeu-me.
Livrou-me de todos os meus receios.
Muitos outros também dirigiram os seus olhos para o Senhor
    e as suas vidas receberam a luz.
Nunca mais tiveram nada de que se envergonhassem.
Também eu, pobre de mim, chamei pelo Senhor,
    que me ouviu
    e me salvou do aperto em que estava.
O anjo do Senhor põe-se de guarda,
    para proteger e livrar todos os que o temem.
Verifiquem e constatem como o Senhor é bom.
Felizes os que confiam nele!
Reverenciem-no todos os que lhe pertencem.
10 Até os filhotes dos leões chegam a passar fome;
    mas os que buscam o Senhor não têm falta de nada.

11 Filhos e filhas: venham ouvir-me,
    e vos ensinarei a temer o Senhor.
12 Se alguém ama a vida
    e pretende ter muitos anos para ser feliz,
13 então que tenha cuidado com a língua,
    e que se guarde da mentira;
14 que se afaste do mal,
    que pratique o bem,
    que procure a paz
e que seja constante nesse caminho.

15 Os olhos do Senhor estão sempre a vigiar
    para proteger a vida dos que se conduzem com justiça;
os seus ouvidos estão atentos quando chamam por ele.
16 Mas Deus é contra os que praticam o mal,
    e está mesmo disposto a apagar de sobre a terra a lembrança deles.
17 Os que são rectos clamam por Deus,
    e Deus responde-lhes,
    livrando-os de todas as suas aflições.
18 Perto está o Senhor de todos os que têm o coração triste,
    e liberta os que estão com o coração carregado
    de remorso e angústia.

19 Muitas são as aflições que o recto tem na vida,
    mas o Senhor o livra de todas elas.
20 Até o seu corpo está guardado por Deus,
    nenhum dos seus ossos será quebrado.
21 A calamidade atingirá certamente os maus;
    e os que aborrecem os rectos serão severamente castigados.
22 Mas o Senhor pagará o preço para libertar a alma dos que o servem,
    de tal forma que nenhum dos que confiam nele será condenado.

Salmo de David.

35 Senhor, peço-te que acuses esses mesmos
    que me estão a acusar;
combate os que me combatem.
Com as tuas armas, protege-me,
levanta-te e esbarra o caminho aos meus perseguidores.
Repete-me, para eu ficar descansado,
    que és a minha salvação.
Lança a confusão e a vergonha no meio
dos que procuram matar-me;
que recuem, dêem meia-volta
    e que sejam derrotados os que me querem mal.
Sopra neles como o vento na palha,
    que um anjo de Deus os faça fugir.
Que para eles o caminho da vida se torne escuro e traiçoeiro,
    e que o anjo do Senhor os persiga.
Porque, sem eu lhes ter feito mal algum,
    prepararam-me uma armadilha,
    cavaram um fosso no meu caminho,
    para me apanharem.
Que sejam pois destruídos, inesperadamente,
e apanhados na própria rede que esconderam para mim,
presos na mesma armadilha com que queriam liquidar-me.

E eu me alegrarei intensamente no Senhor
    e na libertação que me trará.
10 Todo o meu ser louvará o Senhor dizendo:
“Quem é que existe, igual a ti,
    que livras efectivamente o pobre
    daquele que o oprime por ser mais forte que ele,
sim, o pobre e o necessitado daquele que os rouba.

11 Levantaram-se contra mim falsas testemunhas,
que me acusaram de coisas
    de que eu até nunca tinha ouvido falar antes.
12 Pagaram-me com o mal, o bem que lhes fiz;
queriam lançar-me à morte.
13 E contudo, quando estavam doentes,
    eu punha-me triste, por causa deles,
o meu espírito sentia-se abatido,
    e recusava comer,
e estava sempre, no meu íntimo, fazendo oração a Deus.
14 Estava em cuidados como se se tratasse do meu próprio irmão,
    do meu melhor amigo, que estivesse às portas da morte;
andava abatido e lamentava-me
    como se fosse a minha mãe que estivesse a sofrer.
15 E agora, que estou em dificuldades,
    põem-se todos contentes;
e reúnem-se, esses miseráveis,
    reúnem-se para juntarem as suas forças contra mim,
e eu sem saber de nada;
rasgavam já, antecipadamente e sem descanso,
    a minha vida.
16 Quando havia festas, juntavam-se,
    cheios de hipocrisia e de desprezo,
    rangendo os dentes de raiva contra mim.

17 Senhor, até quando verás isto, sem fazer nada?
Liberta a minha alma dos seus ataques.
Eu só tenho uma vida, e estes, como leões, querem destruí-la.
18 Eu te agradecerei publicamente,
    perante todo o ajuntamento do teu povo;
na frente da multidão hei-de falar sobre toda a tua grandeza.

19 Não têm razão, esses que se alegram
    pensando no mal que me farão,
nem esses que se piscam os olhos astuciosamente, uns aos outros,
    satisfeitos com os prejuízos que me darão injustamente.
20 São pessoas que nem sabem falar de coisas pacíficas,
só andam é a tramar a vida das pessoas sossegadas e boas.
21 Bradam que me têm visto fazendo o mal,
    e dizem: “Ah! Ah! Vimo-lo com os nossos próprios olhos”.

22 Mas tu, Senhor, sabes tudo;
não te cales, não me desampares.
23 Levanta-te para julgares sobre este assunto na minha vida,
    Senhor meu Deus, e para defenderes a minha causa.
24 Julga-me segundo a tua justiça, Senhor Deus meu,
    e não deixes que fiquem felizes com as minhas dificuldades.
25 Não os deixes dizerem:
    “Ah! Em breve, seremos satisfeitos, e havemos de o apanhar”.
26 Que sejam eles, sim, a ficar mal e envergonhados, todos juntos,
    esses que se regozijam com as minhas dificuldades;
que sejam apanhados na confusão,
    esses que querem subir na vida à minha custa.
27 Mas que tenham grandes alegrias os que desejam o meu bem,
    e que nunca deixem de cantar a Deus dizendo:
“Grande é o Senhor
    que tem prazer em ver prosperar os que o servem”.
28 E assim todo o dia
    eu te louvarei por causa da tua justiça.

O Livro (OL)

O Livro Copyright © 2000 by Biblica, Inc.® Used by permission. All rights reserved worldwide.

  Back

1 of 1

You'll get this book and many others when you join Bible Gateway Plus. Learn more

Viewing of
Cross references
Footnotes