A A A A A
Bible Book List

Salmos 3-4 O Livro (OL)

Salmo de David. Quando fugiu de Absalão, seu filho.

Senhor, são muitos os que estão contra mim!
São muitos os que procuram fazer-me mal!
Muitos dizem que Deus nunca me salvará. (Pausa)[a]

Mas tu, Senhor, és o meu escudo protetor,
a minha glória, a minha única esperança.
Só tu podes erguer a minha cabeça.
Chamei o Senhor e ele ouviu-me da sua santa habitação. (Pausa)

Então deitei-me, dormi em paz e acordei em segurança,
porque o Senhor estava a vigiar sobre mim.
Ainda que dez mil adversários se levantem de todos os lados,
e me cerquem, não terei medo.

“Levanta-te, Senhor!
Salva-me, meu Deus!”
Pois tu feres todos os meus inimigos
e aos maus partes os dentes.

A salvação vem de ti, Senhor;
a tua bênção está sobre o teu povo! (Pausa)

Salmo de David. Ao diretor do coro. Para instrumentos de cordas.

Ouve-me quando eu te chamar,
ó Deus, que defendes o meu direito.
Sempre cuidas de mim, quando estou em aflição.
Por isso, tem piedade de mim agora,
        e ouve a minha oração.

Homens, até quando cobrirão de vergonha a minha glória?
Até quando continuarão a deixar-se iludir
por aquilo que é vazio de sentido
e correrão atrás do que é falsidade? (Pausa)
O Senhor já separou para si os redimidos;
ele responderá quando eu o chamar.

Não pequem, deixando que a ira vos domine.
Meditem seriamente e em silêncio,
na intimidade da vossa cama. (Pausa)
Ofereçam a Deus sacrifícios justos
e confiem no Senhor.

Há muitos que perguntam:
Quem nos dará a felicidade?
Mas tu, Senhor, responde-lhes,
fazendo brilhar sobre nós a luz do teu rosto.
Sim, a alegria que puseste no meu coração
é muito maior do que a alegria
dos que têm trigo e vinho em abundância,
quando se deleitam diante de abundantes colheitas.

Eu me deitarei em paz e dormirei,
porque só tu, Senhor, me fazes viver em segurança.

Footnotes:

  1. 3.2 O texto hebraico acrescenta aqui a palavra selah que pode ser uma indicação musical litúrgica para uma pausa, repetição ou mudança de voz. Aparece 71 vezes em 39 dos salmos, mas o seu real significado é desconhecido.
O Livro (OL)

O Livro Copyright © 2000 by Biblica, Inc.® Used by permission. All rights reserved worldwide.

Salmos 12-13 O Livro (OL)

Salmo de David. Para o diretor do coro.

12 Socorre-nos, Senhor!
Porque os homens piedosos estão a desaparecer!
São poucos os que te são fiéis, entre os humanos.
Cada um procura enganar o seu próximo;
são lisonjeiros e falam sem sinceridade.

O Senhor castigará os que falam com adulação e altivamente;
os que dizem: “Continuarei a falar como me apetecer.
A boca é minha. Quem pode governar sobre nós?”

E o Senhor responde:
“Eu me levantarei para defender os pobres da opressão,
para fazer calar os gemidos dos infelizes.
Darei salvação aos que suspiram por ela.”
A palavra do Senhor é pura;
é tão verdadeira como a prata refinada no forno sete vezes.

Tu guardarás para sempre os que são teus, Senhor,
fora do alcance e da influência desta geração maligna.
Gente perversa aparece por toda a parte;
as pessoas depravadas chegam a ser mais admiradas e louvadas.

Salmo de David. Para o diretor do coro.

13 Até quando te esquecerás de mim, Senhor?
Será para sempre?
Até quando esconderás de mim o teu rosto?
Até quando estarei metido comigo mesmo,
acumulando tristeza no meu coração?
Até quando é que o meu inimigo
continuará a ter vantagens sobre mim?

Repara na minha situação e responde-me,
Senhor, meu Deus;
dá-me a tua luz, para que não morra nas trevas.
E para que o meu adversário não diga:
“Já o tenho na mão!”
E para que os que me querem mal
não possam alegrar-se por eu ter caído.

Eu confio na tua misericórdia;
o meu coração se alegra na tua salvação.
Hei de cantar ao Senhor,
porque tem sido muito o bem que me tem feito.

O Livro (OL)

O Livro Copyright © 2000 by Biblica, Inc.® Used by permission. All rights reserved worldwide.

Salmos 28 O Livro (OL)

Salmo de David.

28 Peço-te que me socorras, Senhor,
pois és o rochedo da minha segurança.
Não fiques mudo para comigo, mas responde-me,
se não, sou capaz de desesperar,
de ficar como os que descem ao abismo da morte.
Ouve a voz das minhas súplicas quando te invoco
e levanto as mãos para o teu lugar santíssimo.

Não me castigues juntamente com os pecadores,
que estão sempre a falar de paz com os seus amigos,
mas têm os corações cheios de maldade.
Castiga-os segundo merecem as suas obras,
de acordo com a sua malícia;
recompensa-os segundo as obras das suas mãos,
por todo o mal que praticam.

São gente que não se interessa pelo Senhor,
nem pelo que tem feito e criado.
Por isso, Deus os derrubará;
como casas que foram destruídas, nunca serão reerguidos.

Louvado seja o Senhor,
porque ouviu a voz das minhas súplicas.
Ele é a minha força,
o meu escudo contra todo o perigo;
o meu coração confiou nele e fui socorrido.
Por isso, salto de alegria;
louvarei o Senhor com o meu canto.

O Senhor é a força do seu povo,
a força de salvação do seu ungido.
Salva o teu povo e abençoa os que te pertencem;
apascenta-os como um pastor e guia-os para sempre.

O Livro (OL)

O Livro Copyright © 2000 by Biblica, Inc.® Used by permission. All rights reserved worldwide.

Salmos 55 O Livro (OL)

Salmo didático de David. Sobre instrumentos de corda. Para o diretor do coro.

55 Ouve a minha oração, ó Deus,
não ignores a minha súplica.
Atende-me e ouve-me,
pois gemo e choro de angústia.
Porque os meus inimigos bradam contra mim
e causam-me opressão;
atacam-me com toda a sua maldade
e com raiva me aborrecem.

Dói-me até o coração;
terrores mortais caíram sobre mim.
Tenho medo e pavor;
estou cheio de terror.
Eu disse: “Quem me dera ter asas como uma pomba!
Voaria para longe e teria descanso.
Fugiria para um deserto bem distante
e lá ficaria. (Pausa)
Escaparia a toda esta tempestade,
a este vento de ódio e fúria.”

Destrói-os, Senhor!
Reduz ao silêncio os seus conselhos mentirosos,
porque vejo violência e discórdia na cidade.
10 Dia e noite patrulham as muralhas,
mas o mal e a destruição estão no seu interior.
11 A maldade e a mentira estão no coração da cidade;
há roubo, homicídios e engano lá dentro,
nas suas ruas e por toda a parte.

12 Não foi um inimigo quem me insultou;
se assim fosse, eu até teria suportado;
poderia ter-me escondido e escapado.
13 Mas foste tu, o meu companheiro e amigo.
14 Aquele que conversava comigo
e ia comigo, e com todo o povo, à casa de Deus.

15 Que a morte os arrebate e os derrube;
que desçam ao mundo dos mortos,
mesmo que estejam cheios de vida,
porque as suas casas estão cheias de pecado;
        estão contaminados até ao fundo da alma.

16 Quanto a mim, clamarei a Deus;
o Senhor me salvará.
17 Orarei de manhã, a meio do dia e à noite,
suplicando em voz alta, e ele me responderá.
18 Livrou a minha alma da guerra que me faziam,
apesar de serem muitos contra mim.
19 Deus, que está sempre no trono, lhes responderá;
como não temem a Deus não mudarão de ideias. (Pausa)

20 Eram meus amigos e traíram-me;
a mim que vivia em paz com eles.
21 Tinham palavras mansas, palavras de mel,
mas no seu coração havia guerra;
as suas palavras, mais suaves que o óleo,
escondiam punhais bem afiados.

22 Lança o teu cuidado sobre o Senhor e ele te dará forças;
não deixará que os que seguem a sua justiça caiam.
23 A eles, ó Deus, mandá-los-ás para a cova da destruição;
assassinos e mentirosos não viverão,
nem metade do tempo que poderiam viver.

Quanto a mim, confiarei sempre em ti!

O Livro (OL)

O Livro Copyright © 2000 by Biblica, Inc.® Used by permission. All rights reserved worldwide.

  Back

1 of 1

You'll get this book and many others when you join Bible Gateway Plus. Learn more

Viewing of
Cross references
Footnotes