A A A A A
Bible Book List

Salmos 17-20O Livro (OL)

Oração de David.

17 Senhor, aplica a tua justiça na minha vida.
Atende à súplica que te dirijo.
Dá ouvidos à minha oração
    pois que é feita com toda a sinceridade.
Publica a tua sentença a meu favor;
dá-me razão, Senhor.
Tu me puseste à prova,
    até durante a noite me tens examinado,
e não tens encontrado nada de falso:
digo realmente aquilo que penso.
Tenho seguido as tuas palavras
e tenho-me guardado de andar com homens cruéis, violentos.
Dirige os meus passos nos teus caminhos
    para que nunca vacile.

Se te chamei, ó Deus, é porque sei que me queres ouvir.
Por isso escuta-me, dá ouvidos às palavras da minha oração.
Mostra-me as maravilhas do teu amor.
Tu livras os que confiam em ti
    daqueles que são teus inimigos
    e que se revoltam contra ti.
Guarda-me como se eu fosse a menina do teu olho.
Esconde-me à sombra das tuas asas,
    dos homens maus que me oprimem,
dos meus adversários
    que andam à minha volta para me matarem.
10 Andam inchados de orgulho.
Só sabem falar com altivez.
11 Espiam os meus passos,
observam-me cuidadosamente
    para, assim que puderem, me lançarem ao chão.
12 São como leões, desejosos de se lançarem sobre a presa,
e como os leõezinhos, que se escondem,
mas para esperarem a sua oportunidade.

13 Senhor, levanta-te e fá-los parar.
Livra a minha alma por meio da tua espada,
    dessa gente perversa.
14 Salva-me desta gente mundana,
cujos interesses estão só nos lucros desta vida.
Tu podes encher de bens materiais aqueles que amas,
    e fartar-lhes os filhos, e os filhos dos seus filhos.

15 Mas quanto a mim, a minha satisfação
    está em praticar a justiça, na tua presença.
E quando acordar,
    ter a alegria de me satisfazer com a tua semelhança!

Este cântico de David foi escrito na altura em que o Senhor

o libertou dos seus inimigos, incluindo Saul.

18 Eu te amo, Senhor, que és a minha força.
O Senhor é o meu rochedo, a minha fortaleza
    e o meu Salvador.
Esconder-me-ei em Deus, que é a minha rocha
    e o meu alto retiro.
Ele é o meu escudo, o poder da minha salvação
    e o meu refúgio.
Ó meu Salvador, tu me livras da violência.
Invocarei o Senhor, que é digno de todo o louvor;
salvar-me-á de todos os meus adversários.

Ondas de morte me cercaram;
torrentes de maldade desabaram sobre mim.
5/6 Fui ligado e atado, pelo inferno e pela morte;
    mas chamei pelo Senhor, na minha tristeza,
    e ele ouviu-me, desde o seu templo.
O meu clamor chegou aos seus ouvidos.
Então a Terra foi abalada e tremeu;
    os fundamentos dos céus abalaram-se, por causa da sua ira.
Saiu-lhe fumo do seu rosto, da boca, um fogo devorador,
    que tudo consome na sua frente, pondo o mundo em chamas.

Fez baixar os céus e desceu, andando sobre espessas nuvens.
10 Voou sobre um querubim, sobre as asas do vento.
11/12 As trevas rodearam-no, espessas nuvens o circundaram;
    mas a Terra resplendeu com o brilho da sua presença,
    que penetrou as nuvens com relâmpagos e tempestade de granizo.
13 O Senhor trovejou desde os céus;
    o Deus supremo fez ecoar a sua voz.
14/15 Disparou as suas frechas de luz, e dispersou os inimigos.
Pelo sopro da sua respiração até o mar se dividiu em dois,
    e viu-se o fundo das águas pela repreensão do Senhor.

16 Desde o alto me livrou, salvou-me de ser levado pelas vagas;
17 libertou-me do meu poderoso inimigo,
    daqueles que me odiavam,
    dos que tinham muito mais força que eu.

18 Saltaram sobre mim, no dia da calamidade.
Mas o Senhor foi a minha salvação.
19 Fez-me reaver a liberdade, resgatou-me, porque me amava.

20/21 O Senhor recompensou-me, conforme a minha rectidão,
    porque tinha as mãos limpas,
    e não me afastei impiamente do meu Deus.
22 Tive sempre presentes as suas leis,
    e não me desviei dos seus estatutos.
23 Fui sempre sincero perante ele, e fugi ao pecado.
24 Por isso o Senhor atendeu à minha justiça,
    pois viu que eu estava limpo.

25 Tu és misericordioso para com os que têm misericórdia;
    revelas a tua justiça para com os que são rectos.
26 Com os puros, mostras-te puro;
    mas destróis os perversos.
27 Salvas os que estão aflitos, mas abates os orgulhosos,
    pois que tens os olhos sempre sobre eles.
28 Senhor, tu és a minha luz!
Tranformaste em luz a minha escuridão.
29 Pelo teu poder posso esmagar um exército;
    pela tua força saltarei muralhas.

30 O caminho de Deus é perfeito; a palavra do Senhor é verdade.
É um escudo para com os que procuram a sua protecção.
31 Só o Senhor é Deus.
Quem é como um rochedo senão o nosso Deus?
32 Deus é a minha poderosa fortificação;
    faz-me andar em perfeita segurança.
33 Faz com que caminhe com passo bem firme,
    como as gazelas sobre as rochas.
34 Torna-me hábil nos combates,
    dá-me força capaz de dobrar um arco de bronze;
35 Deste-me o escudo da tua salvação;
    pela tua bondade me engrandeceste.
36 Fizeste-me andar sobre caminhos lisos,
    onde os meus pés não vacilaram.

37/38 Persegui os meus inimigos e os destruí,
    não desisti sem os derrotar,
    consumi-os e destrocei-os,
    de tal forma que mais nenhum deles se poderá levantar.
Caíram debaixo dos meus pés.
39 Pois deste-me força para a batalha.
Fizeste com que subjugasse
    todos os que se levantaram contra mim.
40 Obrigaste os meus inimigos a fazerem meia volta e a fugirem;
    destruí-os a todos, os que me odiavam.
41 Em vão pediam ajuda; clamaram a Deus,
    mas recusou ouvi-los.
42 Pisei-os como o pó do chão, esmaguei-os e dispersei-os,
    como pó pelas ruas.
43 Guardaste-me da rebelião do meu povo;
    livraste-me, para que seja cabeça das nações.
Estrangeiros me servirão;
44 Em breve me serão sujeitos, quando ouvirem falar do meu poder.
45 Perderão a altivez, e virão a tremer, lá dos seus esconderijos.

46 O Senhor vive.
Bendito seja aquele que é a minha rocha.
47/48 Que ele seja louvado,
    aquele que é a pedra da minha salvação,
    que destrói os que se levantam contra mim,
    e que me resgata dos meus adversários.
Sim, tu levantaste-me em segurança, acima das suas cabeças.
Livraste-me da violência.
49 Por isso te dou honra, ó Senhor, entre as nações,
    e canto louvores ao poder do teu nome.
50 O Senhor deu uma maravilhosa salvação ao seu rei,
    manifestou misericórdia ao seu ungido —
    a David e à sua família,
    para sempre.

Salmo de David.

Para o director do coro.

19 Os céus expressam a glória de Deus,
    e o firmamento demonstra a obra das suas mãos.
Noite e dia, eles revelam continuamente a sabedoria de Deus.
3/4 Ainda que sem linguagem, sem fala,
    contudo transmitem a sua mensagem,
a qual vai por toda a Terra, até às suas extremidades.

O Sol mora nos céus, onde Deus o colocou,
e atravessa o firmamento,
    levantando-se, radiante como um noivo para o casamento,
    jubiloso como um atleta preparando-se para a competição.
Ele atravessa o céu de ponta a ponta
    e nada se pode furtar ao seu calor.

A lei do Senhor é perfeita
    e consola-nos a alma.
A revelação do Senhor merece toda a confiança,
    e dá sabedoria.
Os regulamentos do Senhor são justos
    e alegram o coração;
o mandamento do Senhor é límpido
    e esclarece a mente.
A lei do Senhor é uma coisa recta
    e que serve até à eternidade.
O Senhor julga sempre de uma forma justa
    e perfeita.
10 As suas leis são mais desejáveis do que o ouro,
e são mais agradáveis do que o mel gotejando dum favo.
11 Pois nos pervinem contra o mal.
São bem recompensados os que as guardam.

12 Uma pessoa não sabe ajuizar perfeitamente dos seus próprios erros.
13 Limpa-me também das falhas de que eu próprio não me dou conta.
Livra-me de cometer erros de propósito.
Que eu saiba parar de praticá-los.
Só assim ficarei sem culpa
    e limpo de uma grande falta.

14 Que as minhas palavras te sejam agradáveis,
assim como os pensamentos do meu coração,
Senhor, minha rocha e meu libertador!

Salmo de David.

Para o director do coro.

20 Que o Senhor te ouça quando estiveres na angústia.
Que o Deus de Jacob te proteja.
Que te envie o seu socorro
    desde a sua santa morada, em Sião.
Que ele se lembre de todas as tuas ofertas
    e que aceite os teus sacrifícios em sua honra.
Que te dê o que deseja o teu coração
    e cumpra os teus planos.
Havemos de nos alegrar com a tua vitória,
e em louvor do nome do nosso Deus
    levantaremos as nossas bandeiras.
Assim o Senhor responda aos teus pedidos.

Eu sei que o Senhor salva o seu ungido.
Ele o ouvirá desde o céu, desde a sua santa casa,
    e responderá com a força salvadora da sua mão.
Há quem confie em exércitos e em armamentos,
mas nós afirmaremos a nossa confiança total
    no nome do Senhor nosso Deus.
Os outros serão batidos e cairão vencidos;
nós levantamo-nos e ficamos de pé.

Dá a vitória ao nosso rei
    e ouve a nossa oração.

O Livro (OL)

O Livro Copyright © 2000 by Biblica, Inc.® Used by permission. All rights reserved worldwide.

  Back

1 of 1

You'll get this book and many others when you join Bible Gateway Plus. Learn more

Viewing of
Cross references
Footnotes