A A A A A
Bible Book List

Salmos 1-8 O Livro (OL)

Primeiro Livro

(Salmos 1–41)

Feliz é aquele
que não segue o conselho dos ímpios,
que não vai pelo caminho dos pecadores,
nem se senta na companhia dos escarnecedores.
Antes tem prazer em fazer o que o Senhor ensina,
meditando dia e noite na sua Lei.
É como a árvore plantada junto a cursos de água,
que dá fruto na época própria,
e cujas folhas não murcham.
Tudo o que ele fizer prospera.

Mas não são assim os ímpios!
São antes como a palha
que o vento leva.
Por isso, não resistirão, quando vier o julgamento de Deus,
não poderão permanecer no ajuntamento dos justos.

Pois o Senhor conhece o caminho dos justos,
mas o caminho dos ímpios conduz à perdição.
Porque se revoltam os povos?
Porque elaboram eles planos vãos?
Os reis da Terra reúnem-se com os chefes,
para conspirarem contra o Senhor e contra o seu Messias!
“Quebremos as suas correntes”, dizem,
“deixemos de ser escravos de Deus!”

Aquele que se senta no trono no céu simplesmente se ri;
o Senhor diverte-se com os seus mesquinhos planos.
Então lhes falará com cólera,
a sua severidade os espantará:
“Este é o Rei da minha escolha,
coroado por mim no meu santo monte Sião.”
E o seu escolhido responde:
“Vou revelar os propósitos de Deus,
porque o Senhor me disse:
‘Tu és meu Filho, hoje tornei-me teu Pai.
Basta pedires e eu te darei todas as nações do mundo.
Tu as governarás com uma vara de ferro
e as despedaçarás como louça de barro!’ ”

10 Sendo assim, que os reis compreendam isto;
que todos os líderes dos povos se deixem corrigir.
11 Sirvam o Senhor com temor reverente;
alegrem-se com tremor.
12 Honrem[a] o filho,
antes que a sua cólera se acenda e morram.
Porque a sua cólera não leva tempo a inflamar-se.
Como são felizes todos os que se refugiam nele!

Salmo de David. Quando fugiu de Absalão, seu filho.

Senhor, são muitos os que estão contra mim!
São muitos os que procuram fazer-me mal!
Muitos dizem que Deus nunca me salvará. (Pausa)[b]

Mas tu, Senhor, és o meu escudo protetor,
a minha glória, a minha única esperança.
Só tu podes erguer a minha cabeça.
Chamei o Senhor e ele ouviu-me da sua santa habitação. (Pausa)

Então deitei-me, dormi em paz e acordei em segurança,
porque o Senhor estava a vigiar sobre mim.
Ainda que dez mil adversários se levantem de todos os lados,
e me cerquem, não terei medo.

“Levanta-te, Senhor!
Salva-me, meu Deus!”
Pois tu feres todos os meus inimigos
e aos maus partes os dentes.

A salvação vem de ti, Senhor;
a tua bênção está sobre o teu povo! (Pausa)

Salmo de David. Ao diretor do coro. Para instrumentos de cordas.

Ouve-me quando eu te chamar,
ó Deus, que defendes o meu direito.
Sempre cuidas de mim, quando estou em aflição.
Por isso, tem piedade de mim agora,
        e ouve a minha oração.

Homens, até quando cobrirão de vergonha a minha glória?
Até quando continuarão a deixar-se iludir
por aquilo que é vazio de sentido
e correrão atrás do que é falsidade? (Pausa)
O Senhor já separou para si os redimidos;
ele responderá quando eu o chamar.

Não pequem, deixando que a ira vos domine.
Meditem seriamente e em silêncio,
na intimidade da vossa cama. (Pausa)
Ofereçam a Deus sacrifícios justos
e confiem no Senhor.

Há muitos que perguntam:
Quem nos dará a felicidade?
Mas tu, Senhor, responde-lhes,
fazendo brilhar sobre nós a luz do teu rosto.
Sim, a alegria que puseste no meu coração
é muito maior do que a alegria
dos que têm trigo e vinho em abundância,
quando se deleitam diante de abundantes colheitas.

Eu me deitarei em paz e dormirei,
porque só tu, Senhor, me fazes viver em segurança.

Salmo de David. Para o diretor do coro. Acompanhado por flautas.

Senhor, ouve as palavras da minha oração.
Escuta a minha súplica, meu Rei e meu Deus,
pois é só a ti que me dirijo.

De manhã ouvirás a voz da minha oração, Senhor;
cada manhã me apresento na tua presença
e espero a tua resposta.
Porque eu sei, ó Deus, que não podes tolerar a maldade,
nem o pecado pode existir diante de ti.
Os pecadores orgulhosos
não poderão resistir ao teu olhar penetrante,
pois aborreces todos os que praticam obras más.
Destruirás os que dizem mentiras;
detestas os que fazem derramar sangue inocente
e os que enganam o seu semelhante.
Quanto a mim, poderei entrar na tua casa,
devido ao teu grande amor e ao teu perdão.
Inclinar-me-ei diante de ti com profundo respeito.

Senhor, guia-me na tua justiça,
por causa dos meus inimigos.
Indica-me com clareza o caminho que devo seguir.
Na sua boca não se encontra uma só palavra verdadeira;
o seu íntimo está cheio de maldade.
A sua garganta é um sepulcro aberto,
a sua língua lisonja.
10 Declara-os culpados, ó Deus.
Que os seus projetos sejam as armadilhas
onde eles mesmos são apanhados!
Que sejam expulsos para longe de ti,
em virtude da multidão das suas transgressões,
pois é contra ti que se revoltam!
11 Mas que se alegrem todos os que se refugiam em ti!
Que cantem de alegria, para sempre,
porque tu os defendes!
Que se sintam felizes os que amam o teu nome!

12 Pois tu, Senhor, abençoarás aquele que é justo;
tu o proteges com o escudo do teu amor.

Salmo de David. Para o diretor do coro. Acompanhado de instrumentos de oito cordas.

Não, Senhor, não me castigues com cólera;
não me corrijas com severidade.
Tem piedade de mim, Senhor,
porque estou enfraquecido.
Cura-me porque o meu corpo está doente.
O meu espírito está confuso e perturbado;
até quando, Senhor, esperarei por ti?

Vem libertar a minha alma
e salva-me na tua bondade.
Depois de morto ninguém pode lembrar-se de ti;
no mundo dos mortos[c] quem te louvará?

Já estou cansado de gemer;
molho a almofada com as lágrimas que derramo de noite.
A minha vista está cansada e turva de tanta tristeza,
por causa dos que me querem mal.

Afastem-se de mim, todos os que praticam a maldade,
porque o Senhor já ouviu o meu lamento.
Ele já ouviu a minha súplica;
o Senhor atendeu à minha oração.
10 Num momento, todos os meus adversários recuarão,
cobertos de vergonha e desanimados.

Oração de David. Entoada ao Senhor sobre o benjamita Cuxe.

Senhor, meu Deus, em ti me refugio;
salva-me de todos os que me perseguem e livra-me.
Não permitas que se lancem sobre mim como leões,
despedaçando-me, sem que ninguém possa livrar-me.

Seria diferente, Senhor meu Deus,
se eu estivesse a fazer coisas más.
Se estivesse a pagar com maldade a quem me faz bem,
ou a atacar injustamente aqueles de quem não gosto.
Então compreenderia que deixasses os meus inimigos perseguir-me,
esmagando-me no chão,
pisando a minha vida no pó da terra! (Pausa)

Mas, Senhor, levanta-te com cólera,
contra a fúria dos que me oprimem!
Vigia, para aplicares a meu favor a justiça que ordenaste!
Reúne os povos diante de ti;
senta-te no alto, no teu trono, julgando os seus pecados.
A mim, justifica-me publicamente,
tornando clara a minha honestidade e inocência.
Põe fim a toda a maldade dos ímpios,
e abençoa todos os que são verdadeiramente justos.
Pois tu, Deus justo, investigas bem fundo o coração dos homens
e examinas todas as suas intenções e pensamentos.

10 Deus é o meu escudo;
ele salva aqueles que têm um coração íntegro.
11 Deus é um juiz perfeitamente justo;
os seus severos avisos repetem-se, dia após dia.
12 Se o homem não se arrepender, afiará a sua espada;
o seu arco está já retesado e apontado, pronto a disparar.
13 Ele o armou com flechas mortais e inflamadas.

14 O homem mau concebe uma perversa combinação;
faz nascer aflições e produz mentiras.
15 Contudo, virá a cair na funda cova
que ele próprio fez, como armadilha.
16 As obras más e a violência que planeou para os outros
recairão sobre si mesmo.

17 Eu estou tão grato ao Senhor, porque ele é justo!
Cantarei louvores ao Senhor,
porque o seu nome está acima de tudo e de todos!

Salmo de David. Para o diretor do coro.

Ó Senhor, nosso Deus, como é admirável a grandeza
que o teu nome tem sobre toda a Terra!
Estabeleceste o teu esplendor acima dos céus.
Da boca dos pequenos e das criancinhas de peito,
levantaste uma fortaleza, por causa dos teus inimigos,
para fazer calar todo aquele que se opõe a ti.
Quando de noite contemplo os céus
e vejo a obra dos teus dedos,
a Lua e as estrelas que fizeste, pergunto:
Que é o homem,
para que te preocupes com ele?
E quem é o filho do homem,
para que te lembres dele?

Apesar disso, fizeste-o um pouco menor do que Deus[d],
e coroaste-o de honra e glória.
Deste-lhe domínio sobre aquilo que criaste.
Puseste tudo sob os seus pés:
ovelhas, bois, animais selvagens;
pássaros, peixes e tudo o que tem vida nos mares.

Ó Senhor, nosso Deus,
como é admirável a grandeza
que o teu nome tem sobre toda a Terra!

Footnotes:

  1. 2.12 No hebraico, beijem o filho.
  2. 3.2 O texto hebraico acrescenta aqui a palavra selah que pode ser uma indicação musical litúrgica para uma pausa, repetição ou mudança de voz. Aparece 71 vezes em 39 dos salmos, mas o seu real significado é desconhecido.
  3. 6.5 No hebraico, Sheol, é traduzido, ao longo do livro, por mundo dos mortos. Segundo o pensamento hebraico do Antigo Testamento, é o lugar dos mortos, mas não necessariamente como um sepulcro ou sepultura, que é um lugar de morte e definhamento, mas sim um lugar de existência consciente, embora sombria e infeliz.
  4. 8.5 A partir da antiga tradução grega, a Septuaginta, desenvolveu-se uma tradição que traduz por anjos, como podemos ver em Hb 2.7.
O Livro (OL)

O Livro Copyright © 2000 by Biblica, Inc.® Used by permission. All rights reserved worldwide.

  Back

1 of 1

You'll get this book and many others when you join Bible Gateway Plus. Learn more

Viewing of
Cross references
Footnotes