A A A A A
Bible Book List

Provérbios 7-9O Livro (OL)

1/2 Meu filho, obedece às minhas palavras, esconde dentro de ti os meus mandamentos. Obedece-me e viverás, guarda os meus preceitos como a coisa mais preciosa que possues. Escreve-os para que os tenhas sempre à mão; grava-os no teu íntimo. 4/5 Considera a sabedoria como uma irmã a quem ames, como um membro querido da tua família. Para que te proteja do aliciamento das mulheres de conduta desonesta, que procuram atrair com conversas ardilosas.

6/9 Um dia, aproximando-me da janela da minha casa e olhando para a rua, reparei num rapaz, um moço bem pobre de juízo, que se dirigia para a casa duma dessas mulheres, num recanto da rua. Era já o fim do dia, anoitecia. As sombras favoreciam-no. 10/12 E ela saiu-lhe ao encontro, arranjada provocantemente e com ar ligeiro das que nunca param em casa, que andam pelas esquinas das ruas, nos lugares mais frequentados, procurando por todos os lados.

13 Então, aproximou-se, beijou-o e disse-lhe com descaramento: 14/20 “Decidi fazer hoje uns sacrifícios de louvor, que tinha em dívida. Por isso vim a correr à tua procura, a saber onde estavas. Olha, já pus na cama bonitas colchas bordadas com linho fino do Egipto, e perfumei-a com mirra, aloés e canela. Vem já, vamo-nos saciar de amores e gozar até de manhã. Porque o meu marido não está em casa, deve ter ido a um sítio distante. Eu vi que até levou bagagem e dinheiro. Com certeza que não volta para casa antes da lua cheia.”

21/23 E assim o seduziu, com muita conversa e palavrinhas doces. E ele deixou-se enfeitiçar. Quando vi que a seguia, veio-me à lembrança um boi que levam para o matadouro, ou um veado apanhado numa armadilha de caça, em que só lhe resta esperar que um tiro certeiro lhe atravesse o corpo, ou ainda uma ave, correndo rápida para o sítio onde vai ficar presa num laço, sem pensar que está ali o fim da sua vida.

24/27 Agora ouçam-me, meus filhos; mas ouçam-me com atenção. Não percam o controlo dos vossos desejos; afastem-se delas e dos sítios por onde andam. Porque têm sido causa de ruína de muita gente. São muitas as suas vítimas. Frequentar a casa delas é seguir pelo caminho que conduz à morte e ao inferno.

O apelo da sabedoria

1/2 Não estão a ouvir a voz da sabedoria, a voz da razão? No cimo das elevações que dominam as estradas, nas encruzilhadas dos caminhos, nas entradas das povoações, à porta de cada habitação, escutem a sua voz:

4/5 “Que toda a gente me escute! Falo a todo o ser humano! Vocês ingénuos, deixem que vos dê entendimento! Ó loucos, recebam o bom senso que vos dou! 6/7 Ouçam-me, porque tenho coisas bem importantes a comunicar-vos, e porque tudo o que vos digo é justo e é a verdade, pois detesto o engano e a maldade. 8/10 Tudo o que sai da minha boca é só justiça. Não se encontra aí nada de tortuoso e fingido. Tudo o que digo é simples e claro para quem procura entender; quem abriu a sua mente ao conhecimento verá que se trata de palavras rectas. A minha instrução vale mais do que a prata e o ouro da melhor qualidade.”

11/13 O valor da sabedoria está muito acima do das pedras preciosas. Nada se lhe pode comparar. A sabedoria e o entendimento vivem juntos, porque a sabedoria sabe onde está a compreensão das coisas. Se alguém respeita e obedece a Deus, tem forçosamente que aborrecer o mal. Porque a sabedoria odeia o orgulho e a arrogância, assim como a corrupção e o engano.

14/16 “Eu, a sabedoria, dou entendimento e bom senso. Pois com a minha força têm reinado reis. Mostro aos juízes o que é certo e errado. Os governantes dirigem os destinos de povos com a minha ajuda. 17 Amo todos os que me amam. Os que me procuram com zelo hão-de seguramente encontrar-me. 18/19 Tenho comigo riquezas que nunca se acabam, e dignidade para distribuir por toda a gente. Sim, riquezas em honra e em rectidão. Os dons que reparto são mais preciosos do que o ouro mais puro e do que a melhor prata. 20 Faço as pessoas andarem pelo caminho da justiça, pela estrada do direito. 21 Os que me amam possuem riquezas permanentes, e têm as suas reservas cheias.

22/26 O Senhor criou-me logo no princípio de tudo, antes mesmo de ter criado fosse o que fosse. Já desde a eternidade sou o que sou. Existo antes da Terra ter começado a sua existência; antes que os grandes oceanos se formassem, e que as águas da atmosfera começassem a derramar-se sobre a terra; antes das altas cordilheiras e das montanhas; sim, eu nasci antes que Deus tivesse feito tudo o que há na superfície do nosso planeta.

27/29 Eu estava presente quando ele estabeleceu os céus, formou a atmosfera, e encheu os abismos com grandes mares. Eu estava lá quando impôs limites aos oceanos e determinou que não se estendam além das fronteiras que determinara. Estava presente quando fazia os cálculos e os planos fundamentais deste mundo maravilhoso. 30/31 Eu ali estava, como um aluno junto do seu mestre. Era a cada momento as suas delícias, brincando na sua presença. Como me sentia feliz no seu vasto mundo, no meio de toda a humanidade!

32/33 Agora então, ouçam, meus filhos, porque bem felizes serão todos os que seguem as minhas instruções. Escutem os meus conselhos! Não os rejeitem — sejam inteligentes!

34/36 Feliz aquele que está tão ansioso por me ter consigo que me espera diariamente à entrada da minha casa, diante de onde eu moro! Porque quem me encontrar achará a verdadeira vida, e tem a aprovação de Deus. Mas quem me ofender violenta-se a si mesmo, irreparavelmente; e quem me desprezar é como se amasse a própria morte!”

Convites da sabedoria e da loucura

1/2 A sabedoria já edificou o seu belo palácio, levantado sobre sete colunas; preparou um grande banquete e vinhos, fez as suas misturas de bebidas; já deu ordens aos criados, e mandou-os ir convidar toda a gente para que venha. Ela clama a todos, desde os pontos da cidade mais visíveis e onde passa mais gente: 4/6 “Venham, aqueles que são simples, sem muita inteligência, venham ao banquete da sabedoria e bebam as finas misturas que preparei. Deixem ficar para trás os insensatos, e comecem a viver. Aprendam a ter entendimento.”

7/8 Se repreenderes um trocista, tudo o que podes receber como resposta é uma boa piada; ele replicar-te-á ofensivamente. Por isso não o incomodes; só virá é a aborrecer-te por pretenderes ajudá-lo. Mas uma pessoa esclarecida quererá bem a quem a corrigir. Um indivíduo inteligente, quando é ensinado, fica mais culto; e aquele que é recto fica com mais capacidades, quando o instruem.

10 A reverência e o temor ao Senhor é o fundamento de toda a sabedoria. Conhecer Deus acaba por ser a base de todo o conhecimento.

11 “Eu, a sabedoria, tornarei cada momento da vossa vida mais proveitoso, e os anos da vossa existência mais frutíferos”.

12 Terás toda a vantagem em seguir a sabedoria. Mas se a desprezares, terás de suportar as consequências.

13/18 Uma mulher de conduta leviana tem uma maneira de ser escandalosa; além disso é louca, e daí a sua ignorância. Senta-se à porta da casa, põe-se nas esquinas das ruas da cidade, fazendo sinais aos que vão passando, e que seguem direito nos seus caminhos. “Venham comigo”, diz ela aos simplórios. “A fruta roubada é a mais saborosa. Maçãs trincadas às escondidas sabem melhor!” E eles nem se dão conta de que os que antes já foram com ela, são agora hóspedes do inferno.

O Livro (OL)

O Livro Copyright © 2000 by Biblica, Inc.® Used by permission. All rights reserved worldwide.

  Back

1 of 1

You'll get this book and many others when you join Bible Gateway Plus. Learn more

Viewing of
Cross references
Footnotes