A A A A A
Bible Book List

Provérbios 10-12 O Livro (OL)

Provérbios de Salomão

10 Provérbios de Salomão.

Um filho sábio é a alegria do seu pai;
um filho insensato é a tristeza de sua mãe.

Os ganhos obtidos irregularmente de nada servem,
mas o viver com justiça livra da morte.

O Senhor não deixa ter fome aquele que anda na justiça,
mas contraria a ambição dos perversos.

As mãos preguiçosas levam à pobreza;
as mãos diligentes alcançam a riqueza.

Um moço inteligente saberá juntar durante o verão;
é uma vergonha ver gente nova dormindo quando deveria estar a trabalhar!

O que anda na justiça cobre-se de bênçãos,
mas os ímpios têm a boca cheia de violência.

Toda a gente se lembra, com gosto, dos que foram retos,
mas o nome dos perversos fica a cheirar mal, depois deles.

Uma pessoa inteligente aceita o mandamento,
mas o que só tem conversas insensatas tornar-se-á um inútil.

Quem anda com integridade, anda seguro na vida,
mas aquele que segue caminhos tortuosos virá a ser descoberto.

10 O fechar os olhos ao pecado só traz é tristeza;
o que só tem conversas insensatas tornar-se-á um inútil.

11 Há como que uma fonte de vida no que diz um homem reto,
mas a boca dos maus está só cheia de violência.

12 O ódio gera contendas,
mas o amor passa por cima das ofensas.

13 As pessoas com bom senso são pretendidas como conselheiras,
mas a vara da repreensão cai sobre o insensato.

14 As pessoas com entendimento entesouram sabedoria,
mas a boca do insensato anuncia a ruína iminente.

15 A riqueza do rico é a fortaleza dentro da qual se protege,
mas a pobreza dos pobres é a sua ruína.

16 Os ganhos do que anda com retidão conduzem à vida,
mas a retribuição do perverso é o pecado.

17 Aquele que recebe, de boa vontade, a correção está no caminho da vida,
mas o que a recusa desencaminha-se a si mesmo e aos outros.

18 O que encobre o ódio é um hipócrita;
o que difama o seu semelhante é um louco.

19 No muito falar há sempre grande risco de pecar,
mas quem sabe refrear a sua língua é sensato.

20 Aquilo que diz uma pessoa reta é precioso como a prata,
mas o coração dos perversos vale muito pouco.

21 Os retos podem dar conselhos a muita gente,
mas os tolos morrem porque lhes falta juízo.

22 A bênção do Senhor é que enriquece
e não traz desgosto algum.

23 Para o louco, o praticar o mal é uma brincadeira,
mas o homem com entendimento tem alegria na sabedoria.

24 Os temores de uma pessoa má vêm a realizar-se;
mas às esperanças do reto é Deus quem lhes dá cumprimento.

25 Quando as catástrofes rebentam, o mau é levado;
o que anda com justiça permanece para sempre.

26 Um preguiçoso, para quem o emprega,
é como o fumo para os olhos,
como o ácido para os dentes.

27 O temor ao Senhor aumenta o tempo da vida;
os anos dos perversos serão abreviados.

28 A esperança do homem justo traz alegria,
mas as esperanças dos maus são em vão.

29 O caminho do Senhor é o refúgio dos íntegros,
mas será a destruição de todos os que praticam a iniquidade.

30 O indivíduo reto nunca será abalado,
mas os maus não ficarão na Terra.

31 A boca do que anda com justiça revela sabedoria em abundância,
mas a língua perversa será cortada.

32 O que vive na justiça sabe falar do que é agradável,
mas a boca da gente perversa está sempre cheia de maldade.

11 O Senhor repudia a balança desonesta,
mas tem grande prazer no peso correto.

A gente soberba acaba sempre por cair na vergonha;
a sabedoria está do lado dos mansos.

As pessoas íntegras são conduzidas pela sua própria honestidade;
as desonestas serão arruinadas pela sua maldade.

As riquezas de nada servem no dia do juízo;
só a justiça livra da morte.

A justiça das pessoas íntegras torna reta a sua conduta,
mas o pecador cairá com o peso dos seus pecados.

A justiça dos retos os livrará,
mas os maus serão apanhados pelos seus próprios apetites.

Quando o pecador morre, morrem com ele as suas esperanças,
porque se baseiam unicamente nas coisas materiais.

Deus livra os retos da angústia,
mas aos homens maus deixa-os passar por ela.

O hipócrita destrói o seu próximo com a língua,
mas os justos hão de livrar-se, por meio do conhecimento.

10 Todo o cidadão se regozija com o sucesso de um homem justo,
assim como também com a queda dos homens maus.

11 Com a bênção dos justos a cidade prosperará,
mas será destruída pelas palavras dos perversos.

12 Quem despreza o seu próximo carece de bom senso;
aquele que tem entendimento sabe dominar-se.

13 Quem anda metido em mexericos só espalha intrigas,
mas a pessoa de confiança sabe quando deve calar-se.

14 Sem uma direção sábia, o povo perturba-se,
mas com bons conselheiros há segurança.

15 Quem ficar por fiador de um estranho, certamente virá a sofrer;
vale mais recusar sê-lo e ficar seguro.

16 A honra é própria de uma mulher graciosa;
mas os homens violentos só adquirem riquezas.

17 Uma pessoa bondosa faz bem, até à sua própria alma,
mas destrói-a, quando se torna cruel.

18 Os lucros que os maus obtêm não lhes rendem nada;
os que semeiam a justiça terão uma recompensa garantida.

19 Tal como a justiça conduz à vida,
assim também o que segue o mal fá-lo para a sua própria morte.

20 O Senhor aborrece profundamente os que têm um coração tortuoso,
mas tem prazer nos que andam em retidão.

21 O indivíduo mau nunca virá a ficar sem castigo,
mas os filhos dos justos escaparão.

22 Como uma joia de ouro no focinho dum porco,
assim é uma mulher bonita, mas insensata.

23 Os que vivem com justiça podem contar com a felicidade,
mas os que se afastam de Deus só podem esperar a condenação.

24 Alguns há que distribuem o que têm e ainda se tornam ricos;
outros retêm, com avareza, o que possuem e acabam por perder tudo.

25 Sim, os que são generosos engordarão;
os que dão a beber aos outros serão saciados.

26 O povo amaldiçoa quem açambarca alimentos para especular,
mas aqueles que vendem o que faz falta serão abençoados.

27 O que procura ansiosamente o bem, virá a encontrar favor;
àquele que só sabe seguir o mal, o mal acabará por destruí-lo.

28 Confia nas tuas riquezas e cairás;
mas os justos crescerão como uma planta viçosa.

29 O louco que provoca zangas em família verá o vento levar-lhe tudo;
virá a ser servo de outros que têm mais entendimento do que ele.

30 Os justos são como uma árvore de vida;
aquele que ganha almas sábio é.

31 Se até mesmo os justos terão a sua retribuição nesta Terra,
quanto mais os perversos e os pecadores!

12 Se gostas de aprender, terás de aceitar ser ensinado e corrigido;
recusar a repreensão e a crítica é prova de estupidez.

Os que seguem o bem alcançam o favor do Senhor;
os que têm uma mente perversa serão antes condenados por ele.

A maldade nunca traz consigo verdadeiro sucesso para ninguém,
mas a raiz dos justos é firme e não será arrancada.

Uma mulher virtuosa é motivo de alegria para o seu marido,
mas a que procede vergonhosamente tira-lhe a força.

Os pensamentos dos justos são retos,
mas os conselhos dos perversos são enganosos.

O ímpio, quando fala, é para acusar e armar ciladas,
mas os retos saberão defender-se.

Os maus serão abatidos e desaparecerão,
mas a casa dos justos permanecerá firme.

Cada um será louvado pelo bom senso de que dá provas;
quem tem uma mente pervertida encontrará o desprezo do seu semelhante.

É preferível aparentar um ar mais rude e ter em casa o suficiente para comer,
a andar muito aprumado e elegante, mas passar fome!

10 As pessoas justas preocupam-se até com a saúde dos seus animais;
a gente malvada, mesmo quando pretende fazer misericórdia, torna-se cruel.

11 O trabalho feito com aplicação e esforço conduz à prosperidade;
só quem não tem realmente juízo nenhum se dá a futilidades.

12 Os maus têm inveja uns dos outros,
mas os justos desejam, intimamente, o bem do seu semelhante.

13 O ímpio é apanhado pela sua fala pecadora;
mas o justo consegue livrar-se das dificuldades.

14 O falar a verdade dá às pessoas uma grande satisfação íntima;
o trabalho honesto virá sempre a recompensar quem o faz.

15 Os tolos pensam que nunca precisam de conselhos,
mas os que têm verdadeiro entendimento sabem ouvir a opinião dos outros.

16 Os loucos são desequilibrados e precipitados;
os que têm bom senso sabem manter a cabeça fria e dominar-se,
        mesmo quando os insultam.

17 Quem fala verdade põe em evidência a justiça;
uma testemunha falsa só saberá revelar mentira e engano.

18 Há gente cujas palavras ferem como pontas de espada;
mas a fala dos que têm sabedoria é como se desse saúde aos outros.

19 A verdade aguenta, inalterável, a prova do tempo;
mas a língua do mentiroso dura apenas um instante!

20 Engano é tudo o que há no coração dos que só se ocupam a maquinar o mal,
mas há alegria transbordante na vida dos que procuram construir a paz.

21 Nenhum agravo sobreviverá ao justo,
mas os maus vivem em constante inquietação.

22 O Senhor reprova os que falam mentira,
mas os que falam a verdade são do seu agrado.

23 Uma pessoa prudente revela o que sabe, com moderação e equilíbrio;
os loucos lançam aos quatro ventos os seus disparates.

24 Quem trabalha aplicadamente ganhará qualidades para vir a conduzir outros;
os preguiçosos nunca terão sucesso na vida.

25 As preocupações tornam-se um peso grande no coração das pessoas;
uma palavra amiga de apoio é capaz de levar-lhes alegria.

26 O justo serve de guia para os seus amigos,
mas os caminhos dos perversos levam-nos a errar.

27 O preguiçoso não chega, sequer, a assar a presa que caçou;
aquele que é diligente sabe tirar, a seu tempo,
o devido proveito do que alcança.

28 O caminho da justiça conduz à vida;
nele não há que ter medo da morte!

O Livro (OL)

O Livro Copyright © 2000 by Biblica, Inc.® Used by permission. All rights reserved worldwide.

  Back

1 of 1

You'll get this book and many others when you join Bible Gateway Plus. Learn more

Viewing of
Cross references
Footnotes