A A A A A
Bible Book List

Levítico 19-21O Livro (OL)

Repetição de diversas leis

19 O Senhor disse também a Moisés que comunicasse mais o seguinte ao povo de Israel: “Devem ser santos porque eu, o Senhor vosso Deus, sou santo. Devem respeitar as vossas mães e os vossos pais. Deverão também guardar a lei do meu sábado. Porque eu sou o Senhor vosso Deus. Não façam nem adorem ídolos, deuses de metal fundido. Eu sou Jeová o vosso Deus.

5/8 Quando vierem oferecer um sacrifício de paz ao Senhor, façam­no voluntaria e correctamente, para que seja aceite. Comam­no no mesmo dia em que o oferecerem, ou o mais tardar no dia seguinte. O que ficar para o terceiro dia deve ser queimado, porque aquilo que viesse a ser comido no terceiro dia seria repulsivo para mim, e eu não o aceitaria. Portanto, se comerem disso no terceiro dia serão culpados, porque assim será profanada a santidade de Jeová, e serão excomungados do povo do Senhor.

9/10 Quando fizerem as colheitas nas vossas terras, não ceifem os cantos dos campos completamente, nem apanhem as espigas que forem caindo no chão. E o mesmo também durante as vindimas — não apanhem tudo até ao último bago, nas vinhas, nem tão pouco apanhem os que cairem no chão. Deixem­nos para os pobres, e para os que viagem através da terra. Porque eu sou Jeová o vosso Deus.

11/12 Não roubem, não mintam, não usem de falsidade para com o vosso semelhante, não pronunciem juramentos falsos a coberto do meu nome, trazendo assim desonra sobre ele, pois eu sou Jeová.

13 Não devem explorar nem oprimir ninguém; deverão pagar prontamente aos que trabalham por vossa conta. Se lhes devem alguma coisa, não a guardem sequer para o dia seguinte.

14 Não amaldiçoem um surdo; não ponham tropeços no caminho dos cegos. Respeitem o vosso Deus. Eu sou Jeová!

15 Os juízes devem ser sempre justos nas suas sentenças, sem estar a considerar se se trata de um pobre se de um rico. Devem ser absolutamente rectos.

16 Não sejam mexeriqueiros. Nunca acusem falsamente o vosso próximo. Porque eu sou Jeová.

17 Não tenham pensamentos de ódio para com o vosso irmão.

Não deixem de repreender todo aquele que pecar. Não permitam que ele continue nesse caminho, pois serão tão culpados como ele.

18 Não procurem a vingança, não alimentem a má vontade contra ninguém. Amem o vosso próximo como a vós mesmos, porque eu sou Jeová.

19 Guardem as minhas leis.

Não juntem animais de diferentes espécies. Não semeiem espécies diferentes de semente ao mesmo tempo. Não usem roupa feita metade de lã metade de linho.

20/22 Se um homem seduzir uma rapariga escrava que estiver comprometida para casar com outro, deverão ser trazidos a tribunal mas não mortos, porque ela não é livre. O homem culpado deverá trazer a sua oferta de culpa ao Senhor à entrada do tabernáculo — terá de ser um carneiro. O sacerdote fará expiação com o carneiro, pelo pecado que o homem cometeu, e será perdoado.

23/25 Quando se instalarem na terra e tiverem plantado toda a espécie de árvores de fruto, não deverão comer as três primeiras colheitas, porque são consideradas impuras. E ao quarto ano todo o fruto colhido será dedicado ao Senhor, em louvor a ele. Finalmente no quinto ano tudo o que colherem será vosso. Eu sou o Senhor vosso Deus!

26 Não devem comer nada com o seu sangue.

Nunca recorram a leitura de sinas, nem a bruxarias ou coisas semelhantes.

27/28 Não cortem o cabelo, arredondando­o nos cantos da cabeça, nem cortem também os cantos da barba, tal como fazem os pagãos. Tão pouco devem dar­se golpes na vossa carne ou fazer marcas na pele a título de ritos funerários, por causa de alguém que tenha morrido. Eu sou o Senhor.

29 Não violem a santidade da vossa filha, levando­a a prostituir­se, porque a terra se encheria de maldade.

30 Guardem os meus sábados e reverenciem o meu tabernáculo. Porque eu sou o Senhor.

31 Não se sujem, voltando­se para os bruxos e consultando os espíritos.

32 Devem honrar e respeitar os mais velhos, os que têm os seus cabelos já brancos, porque assim respeitarão também Deus. Eu sou Jeová.

33/34 Não explorem o estrangeiro que vier instalar­se na vossa terra; não o oprimam. Ele deve ser tratado como qualquer outro cidadão. Amem­no como a vocês mesmos; não se esqueçam que foram também estrangeiros no Egipto. Eu sou Jeová o vosso Deus.

35/36 Devem ser imparciais quando julgarem. Usem medidas correctas — para medir o comprimento, para pesar, para calcular o volume. Que as balanças não sejam fraudulentas e que as vossas medidas sejam sempre exactas, porque eu sou Jeová o vosso Deus que vos tirou da terra do Egipto. 37 Guardem todos os meus mandamentos e leis, obedecendo­lhes cuidadosamente. Porque eu sou o Senhor.”

Penas para diversos crimes

20 O Senhor deu a Moisés mais as seguintes instruções para o povo de Israel: “Alguém — seja israelita seja estrangeiro vivendo no vosso meio — que sacrifique o seu filho em holocausto a Moloque deverá certamente morrer apedrejado pelo povo. 3/5 Eu próprio me voltarei contra esse homem e o expulsarei do seu povo, porque deu o seu filho a Moloque, fazendo que o meu santuário se torne assim impróprio para que habite nele, e insultando o meu santo nome. E se o povo da terra pretender que não sabe o que essa pessoa fez, e recusar matá­lo, então eu próprio me voltarei contra ele e contra os seus, e os excluirei, a ele e a todos os que se prostituem, voltando­se para outros deuses que não eu.

Serei contra os que consultam os espíritos e os astrólogos em vez de me consultarem a mim; a essa pessoa a excomungarei do seu povo. 7/8 Por isso santifiquem­se; sejam santos porque eu sou o Senhor vosso Deus. Devem obedecer a todas as minhas instruções, porque eu sou o Senhor que vos santifica.

Quem quer que amaldiçoar o seu pai ou a sua mãe deverá certamente morrer, porque amaldiçoou a sua própria carne e sangue.

10/12 Se o homem cometer adultério com a mulher de outro homem, ambos, tanto o homem como a mulher, deverão morrer. Se o homem cometer adultério com a mulher do seu pai, sujou o que é do seu pai; ambos, tanto o homem como a mulher, deverão morrer, porque a culpa é deles próprios. Se um homem tiver relações sexuais com a sua nora, ambos serão executados. O que fizeram foi uma depravação; cometeram uma perversão, os dois são culpados.

13 O castigo por actos homossexuais é a morte para ambas as partes; trata­se duma abominação — a culpa recai sobre eles próprios.

14 Um homem que tem relações sexuais com uma mulher e com a mãe dela, trata­se de um grande mal. Serão os três queimados, a fim de arrancar a iniquidade do vosso meio.

15 Se um homem tiver relações sexuais com um animal, será executado, e o animal morto. 16 Da mesma forma uma mulher que tenha relações sexuais com um animal serão mortos ambos, ela e o animal. Merecem o seu castigo.

17 Se um homem tiver relações sexuais com a sua irmã, seja ela filha do seu pai ou da sua mãe, trata­se de uma torpeza, serão ambos publicamente expulsos do povo de Israel. Levará sobre si a culpa desse acto.

18 Se um homem tiver relações sexuais com uma mulher durante o seu período menstrual, serão ambos excomungados, porque pôs a claro a fonte da sua perda de sangue.

19 Também um homem não deverá ter relações sexuais com a sua tia, seja ela irmã da sua mãe ou do seu pai, porque se trata de parentes próximos. Tornar­se­ão ambos culpados. 20 Um homem que tenha relações sexuais com a esposa do seu tio, sujou o que é do seu tio. O seu castigo será que ambos levarão a culpa do seu pecado e serão privados de filhos. 21 Se um homem casar com a esposa do seu irmão, praticou um acto impuro; sujou o que é do seu irmão. Serão ambos privados de filhos.

22 Devem obedecer às minhas leis e às minhas instruções, para que não vos expulse da terra para onde vos levo a habitar. 23 Não sigam os costumes das gentes que lanço fora dessa terra, na vossa frente; porque praticam todas estas coisas contra as quais acabo de vos avisar. E é por isso que as aborreço. 24 Prometi­vos essa terra; eu vo­la darei para que a possuam. É uma terra que brota leite e mel. Eu sou o Senhor vosso Deus que vos separei das outras nações.

25 Terão pois de fazer diferença no que diz respeito a animais e pássaros, entre os que vos dou permissão para comerem e os que não podem comer. Não devem contaminar­se a si mesmos, tornando­se repulsivos perante mim, comendo algum animal ou ave que eu vos tenha proibido.

26 Vocês serão santos para mim, porque eu o Senhor sou santo, e vos separei dos outros povos para serem meus.

27 Os médiuns e os bruxos, sejam eles homem ou mulher, deverão ser certamente apedrejados até à morte. São eles os responsáveis pela sua própria condenação.”

Leis para os sacerdotes

21 1/2 O Senhor disse a Moisés: “Diz aos sacerdotes que nunca se contaminem, tocando numa pessoa morta, a menos que se trate de um parente próximo — mãe, pai, filho, filha, irmão, ou irmã solteira por quem ele tenha uma responsabilidade especial pelo facto de ela não ter marido. Porque o sacerdote é um responsável entre o povo e não deve ficar cerimonialmente impuro, da mesma forma que acontece com a generalidade das pessoas.

O sacerdote não deverá cortar o cabelo de forma a deixar pedaços de calva na cabeça; tão pouco fará isso na barba. Não fará incisões, dando­se golpes na sua carne. Serão santos para o seu Deus, e não deverão desonrar o meu nome; doutra forma tornar­se­ão indignos de fazerem ofertas queimadas ao Senhor seu Deus.

7/8 Um sacerdote não se casará com uma prostituta, nem com uma mulher de outra tribo, nem com uma divorciada, porque ele é um homem santo de Deus. O sacerdote é consagrado para oferecer sacrifícios a vosso Deus; ele é santo, porque eu o Senhor que vos santifica sou santo. A filha de um sacerdote que se tornar prostituta, violando assim a santidade do seu pai, tal como a si própria, será queimada.

10/12 O sumo sacerdote, ungido com o azeite especial de unção e trazendo o seu vestuário especial, não deverá deixar os cabelos despenteados, em sinal de luto, nem raspar as suas vestes, nem tão pouco permanecer na presença duma pessoa morta, mesmo que seja o seu pai ou a sua mãe. Não deixará o santuário (quando estiver a oficiar), nem tomará o meu tabernáculo como se fosse uma habitação vulgar; porque ele tem sobre si a unção do azeite santo que o consagrou para Deus. Eu sou Jeová.

13/15 Deverá casar com uma virgem. Não pode casar com uma viúva, nem com uma mulher divorciada, nem com uma prostituta. A sua mulher deve pois ser da mesma tribo que ele, pois não poderá vir a ser pai de filhos com sangue misturado, meio sacerdotal, meio comum.”

16/23 E o Senhor disse a Moisés: “Diz a Arão que qualquer dos seus descendentes — e isto por todas as gerações — que tenha algum defeito corporal não pode oferecer sacrifícios a Deus. Por exemplo, se um homem for cego, ou coxo, ou se tiver o nariz partido ou os membros deformados; ou ainda se tiver uma mão ou um pé partido, ou for corcunda, ou anão, ou se tiver defeito na vista, ou impingens e sarna na pele, ou testículos imperfeitos, ainda que sendo filho de Arão, não tem autorização para oferecer sacrifícios ao Senhor, por causa do seu defeito físico. No entanto será alimentado com a comida dos sacerdotes, das ofertas apresentadas a Deus, tanto dos sacrifícios santos como dos santíssimos. Mas não poderá passar além do véu, nem se aproximar do altar, porque tem um defeito físico; isso profanaria o meu santuário, porque eu, Jeová, os santifico.”

24 Moisés deu estas instruções a Arão e aos seus filhos, assim como a todo o povo de Israel.

O Livro (OL)

O Livro Copyright © 2000 by Biblica, Inc.® Used by permission. All rights reserved worldwide.

  Back

1 of 1

You'll get this book and many others when you join Bible Gateway Plus. Learn more

Viewing of
Cross references
Footnotes