A A A A A
Bible Book List

Provérbios 18O Livro (OL)

18 O individualista, que faz tudo sempre sozinho, é um egoísta, que recusa toda a espécie de conselhos.

Os loucos não querem saber de como são as coisas na realidade. O que lhes interessa é só gritar aos quatro ventos o que pensam.

Aparecem os malfeitores, e logo com eles vem a infâmia, o desprezo, o insulto.

As palavras de um homem sábio exprimem profundas torrentes de pensamento.

Quem favorece os malfeitores a fim de poder condenar o inocente, está agindo com profunda injustiça.

6/7 Os doidos, são eles próprios a provocar as contendas; as coisas que eles dizem acarretam-lhes dissabores, e armam-lhes ciladas.

As conversas sobre a vida alheia são, para o linguareiro, como saborosos petiscos que deliciam o íntimo do seu ser.

O preguiçoso que faz um trabalho com negligência é como se estivesse destruindo uma obra de valor.

10 O nome do Senhor é como uma poderosa fortaleza; os fiéis acorrem e acham aí perfeita segurança.

11 O rico considera a sua riqueza como uma cidade inatacável, como uma muralha perfeitamente segura.

12 O orgulho acaba sempre na ruína; mas também a honra vem sempre precedida da humildade.

13 Responder antes de ouvir é loucura! É mesmo uma vergonha para quem o faz!

14 A moral duma pessoa pode ajudá-la na doença. Mas para um espírito abatido, que esperança haverá?

15 Uma pessoa esclarecida está sempre pronta a adquirir novos conhecimentos, e tem o ouvido atento a tudo o que possa enriquecer o seu espírito.

16 Os presentes são coisas que por vezes até fazem milagres, e conseguem dar acesso a pessoas consideradas muito importantes!

17 Quando há um debate, o primeiro a falar parece ter toda a razão. Mas depois aparecem os outros a contestá-lo, e a rebater os seus argumentos.

18 Tirar à sorte é capaz de decidir o fim de uma discussão, e a posição de gente poderosa.

19 Um irmão ofendido torna-se mais impenetrável do que uma fortificação militar. As querelas fecham-no como se fossem ferrolhos dum velho castelo.

20 Para uma pessoa que sabe dar bons conselhos, isso dá-lhe satisfação como se comesse um bom prato quando está com fome.

21 Frequentemente a morte e a vida dependem da força da linguagem. Por isso quem usa dela terá de pensar bem no alcance e nas consequências do que diz.

22 Um homem que encontra uma esposa acha uma boa coisa. Ela é uma bênção da parte do Senhor.

23 O pobre fala suplicando, mas quantas vezes o rico lhe responde duramente!

24 Quem tem muitos amigos pode dar-se por muito satisfeito. Mas há um amigo que é mais chegado do que um irmão!

O Livro (OL)

O Livro Copyright © 2000 by Biblica, Inc.® Used by permission. All rights reserved worldwide.

  Back

1 of 1

You'll get this book and many others when you join Bible Gateway Plus. Learn more

Viewing of
Cross references
Footnotes