A A A A A
Bible Book List

Mateus 23O Livro (OL)

Sete ais

23 Então Jesus disse ao povo e aos seus discípulos: 2/4 “Os mestres da lei e os fariseus assumem autoridade sobre a lei, como se fossem o próprio Moisés. Pode estar certo fazer o que eles dizem, mas não devem fazer o que eles fazem! Porque eles próprios não fazem o que vos ensinam. Sobrecarregam­vos com pesados fardos e não estão dispostos a aliviar­vos, nem sequer com um dedo.

Tudo o que fazem é para dar nas vistas. Fingem­se santos, trazendo nos braços grandes caixas de orações com versículos das Escrituras dentro e alongando as franjas tradicionais dos seus mantos. Mas depois lutam por se sentar à mesa principal dos banquetes e nos bancos reservados da sinagoga! Ficam envaidecidos com o respeito que lhes é mostrado nas ruas e com o tratamento de mestre! Não deixem que alguém vos trate assim. Só Deus é o vosso Mestre, e todos vocês são iguais, como irmãos. E não tratem ninguém aqui na Terra por Pai, pois há um só Pai, que é Deus que está no céu. 10 E não se chamem mestres a si mesmos, pois um só é o vosso mestre, a saber, o Messias. 11 Quanto mais humilde for o serviço que prestam aos outros, tanto maiores serão vocês. Para ser o maior de todos é preciso saber servir os outros. 12 Mas aqueles que se imaginam grandes passarão pela humilhação; e quem se humilha será engrandecido.

13/15 Ai de vocês, fariseus e mestres da lei, fingidos! Não deixam entrar os outros no reino dos céus, mas também lá não entrarão. Aparentam santidade com longas orações nas ruas, quando, afinal, roubam às viúvas as suas casas! Sim, ai de vocês, fingidos, porque fazem tudo para converter alguém e depois tornam essa pessoa duas vezes mais filha do inferno do que vocês mesmos!

16/17 Guias cegos! Ai de vocês! Porque afirmam que jurar pelo templo de Deus não tem importância e que tal juramento se pode quebrar, enquanto que um juramento feito pelo ouro de templo é obrigatório cumpri­lo! Cegos e loucos, que é maior: o ouro ou o templo que torna esse ouro santo? 18/22 E dizem que um juramento pelo altar pode ser quebrado, mas que um juramento pelas ofertas que estão sobre o altar é obrigatório cumpri­lo! Cegos e loucos! Pois que é maior: a oferta que está sobre o altar ou o próprio altar que a torna santa? Quando se jura pelo altar, jura­se por ele e por tudo o que sobre ele está, e, quando se jura pelo templo, jura­se por ele e por Deus, que nele está. E quando se jura pelos céus, jura­se pela morada de Deus e pelo próprio Deus.

23/24 Sim, ai de vocês, mestres da lei e fariseus, fingidos! Pois dão o dízimo da última folha de hortelã do vosso quintal, mas esquecem as coisas importantes, como a justiça, a compaixão, a fé. Sim, devem dar o dízimo, mas não devem esquecer as coisas de maior monta. Guias cegos! Tiram um mosquito que cai na comida, mas seriam capazes de engolir um camelo!

25/26 Ai de vocês, mestres da lei e fariseus, fingidos! Tão cuidadosos em polir o copo por fora, enquanto que por dentro está todo sujo de roubos e de cobiça! Fariseus cegos! Limpem primeiro o interior do copo e então todo ele ficará limpo.

27/28 Ai de vocês, mestres da lei e fariseus, hipócritas! São como jazigos — belos, mas cheios de ossadas e de podridão. Procuram parecer santos, mas por baixo dos vossos mantos de piedade escondem­se corações manchados por toda a espécie de fingimento e pecado.

29/32 Sim, ai de vocês, mestres da lei e fariseus, fingidos! Pois levantam monumentos aos homens de Deus que os vossos pais mataram, põem flores nos túmulos dos homens crentes que eles destruíram, e dizem: ‘Nós nunca faríamos o que os nossos pais fizeram’. Falando assim, confessam que são realmente filhos de homens perversos. Mas é que também seguem as suas pisadas, enchendo a medida completa da maldade deles.

33/34 Serpentes, filhos de víboras! Como escaparão à condenação do inferno? Eu vos mandarei profetas, sábios, e ensinadores religiosos, mas vocês matarão alguns pela crucificação e abrirão as costas de outros com chicotes, nas vossas sinagogas, e perseguí­los­ão sem descanso, de cidade em cidade. 35 Pelo que serão culpados de todo o sangue dos homens crentes que foram assassinados, desde o justo Abel até Zacarias, filho de Baraquias, que vocês mataram no templo entre o altar e o santuário. 36 Sim, toda a condenação amontoada durante estes séculos desabará sobre a cabeça desta mesma geração.

37/39 Jerusalém, Jerusalém, cidade que mata os profetas de Deus e apedreja todos aqueles que ele lhe envia! Quantas vezes quis juntar os teus filhos como uma galinha junta os pintainhos debaixo das asas, mas vocês não me deixaram. Agora a vossa casa fica ao abandono. Pois lembrem­se do que vos digo: nunca mais me tornarão a ver senão quando disserem, ‘Bendito aquele que vem em nome do Senhor’.”

O Livro (OL)

O Livro Copyright © 2000 by Biblica, Inc.® Used by permission. All rights reserved worldwide.

  Back

1 of 1

You'll get this book and many others when you join Bible Gateway Plus. Learn more

Viewing of
Cross references
Footnotes