A A A A A
Bible Book List

Josué 4O Livro (OL)

Quando o povo passou em perfeita segurança, o Senhor disse a Josué: 2/3 “Diz aos doze homens escolhidos para executarem a tal tarefa especial, um de cada tribo, que peguem cada um deles numa pedra do sítio onde os sacerdotes permaneceram no meio do Jordão, e que as levem para construírem um monumento no lugar em que acamparem esta noite.”

4/7 Foi assim que Josué convocou os doze homens referidos e lhes disse: “Vão até ao meio do Jordão onde a arca parou e que cada um traga sobre os ombros uma pedra — doze pedras ao todo, uma por cada uma das doze tribos. Servirão para levantarmos um monumento. Quando no futuro os vossos filhos perguntarem, ‘Que monumento é este?’, terão ocasião de lhes responder assim: ‘É para nos lembrarmos de que o rio Jordão parou de correr quando a arca de Deus teve de o atravessar!’ Este monumento tornar­se­á um memorial perpétuo para o povo de Israel que lhes recordará este espantoso milagre.”

8/9 Os homens fizeram como Josué lhes mandou. Pegaram em doze pedras do meio do rio — uma por cada tribo, segundo a ordem dada pelo Senhor a Josué. Levaram­nas até ao sítio em que acamparam naquela noite e ergueram ali mesmo o monumento em questão. Josué aliás construiu também um outro monumento no próprio lugar em que os sacerdotes tinham ficado de pé enquanto o povo passava; e ali está até ao dia de hoje.

10/11 Portanto, os sacerdotes que transportavam a arca não saíram dali, do meio do rio, sem que todas estas instruções que o Senhor tinha dado a Josué, ainda por intermédio de Moisés, tivessem sido cumpridas. Entretanto o povo tinha­se apressado a passar para o outro lado do rio, e quando toda a gente passou, ficaram observando os sacerdotes levando a arca no meio do rio. 12/13 As tropas de Rúben, de Gad e da meia­tribo de Manassés —com todo o seu armamento segundo as determinações dadas por Moisés, e formada por quarenta mil homens de guerra— tomaram a dianteira em relação às outras tribos que formavam o exército do Senhor, nas acções militares através das campinas do Jordão.

14/16 Foi também um dia muito importante na vida de Josué. O Senhor deu­lhe um grande prestígio aos olhos de todo o povo de Israel, e respeitaram­no tanto como a Moisés, e não só naquela altura mas por toda a sua vida. Porque foi Josué quem, a mandado do Senhor, dava as instruções aos sacerdotes que transportavam a arca. “Subam agora do rio”, foi a ordem que o Senhor lhe deu para que a transmitisse. 17/18 Josué disse­lhes isso, e logo que os sacerdotes saíram do leito do Jordão as águas começaram a correr como usualmente, transbordando acima das margens como antes.

19/20 Este milagre deu­se no dia 25 de Março. Foi pois nesse dia que toda a nação passou o Jordão tendo acampado em Gilgal, a oriente da cidade de Jericó. E nesse sítio as doze pedras do Jordão foram erguidas como um monumento. 21/24 Josué expôs de novo o propósito daquele monumento de pedras: “No futuro, quando os vossos filhos vos perguntarem porque é que estão aqui estas pedras assim, e que representam elas, hão­de dizer­lhes que são um memorial que recorda o maravilhoso acontecimento de toda a nação de Israel ter atravessado o Jordão por terra seca! Deverão dizer­lhes como o Senhor nosso Deus secou o rio, mesmo ali sob os nossos olhos, e o manteve seco enquanto passávamos todos! Foi aliás a mesma coisa que o Senhor fez quarenta anos atrás no Mar Vermelho! E fez isso para que todas as nações da Terra se dessem conta de que Jeová é o Deus poderoso, e para que vocês todos o adorem para sempre.”

O Livro (OL)

O Livro Copyright © 2000 by Biblica, Inc.® Used by permission. All rights reserved worldwide.

  Back

1 of 1

You'll get this book and many others when you join Bible Gateway Plus. Learn more

Viewing of
Cross references
Footnotes