A A A A A
Bible Book List

Jeremias 37O Livro (OL)

Jeremias é preso

37 1/2 Nabucodonozor rei de Babilónia não designou Conias, o filho do rei Joaquim, para ser o novo rei de Judá. Em vez dele, escolheu Zedequias (filho de Josias). Mas nem o rei Zedequias, nem os da sua corte, nem o povo quiseram prestar ouvidos ao que o Senhor tinha dito por intermédio de Jeremias. Contudo, o rei Zedequias mandou Jeucal (filho de Selemias), mais Sofonias (filho de Maaséias), o sacerdote, ter com Jeremias a pedir-lhe que fizesse oração a favor deles. Jeremias ainda não tinha sido preso; portanto podia deslocar-se em liberdade.

Quando o exército de Faraó Hofra do Egipto apareceu na fronteira do sul de Judá, para prestar auxílio à cidade de Jerusalém que estava a ser sitiada, o exército babilónico desviou-se de Jerusalém, para ir combater os egípcios.

E foi nessa altura que o Senhor deu esta mensagem a Jeremias: 7/10 O Senhor, o Deus de Israel, diz: Comunica ao rei de Judá, que te mandou perguntar o que iria acontecer, que o exército de Faraó, ainda que tenha vindo para te ajudar, em breve regressará apressadamente para o Egipto! Os babilónios os derrotarão e os mandarão a correr para casa. Hão-de capturar a cidade e deixá-la toda queimada, até aos seus fundamentos. Não se iludam pensando que eles se estão a retirar definitivamente. Nada disso! Ainda mesmo que acontecesse vocês derrotarem o exército de Babilónia completamente, deixando apenas alguns sobreviventes feridos, nas suas tendas, estes viriam, mesmo cambaleando e vos venceriam, pondo a cidade toda a arder!

11/13 Quando o exército babilónico se afastou, então, de Jerusalém, para travar batalha contra o de Faraó, Jeremias preparou-se para deixar a cidade e ir para a terra de Benjamim, ver a propriedade que tinha adquirido. Mas, quando ia a passar a porta de Benjamim, uma sentinela deteve-o como traidor, alegando que ia juntar-se aos inimigos, as tropas de Babilónia. O guarda que o prendeu chamava-se Jerias (filho de Selemias e neto de Hananias).

14/17 “Isso não é verdade”, afirmou Jeremias. “Não tenho a mínima intenção de fazer coisa semelhante!”

Mas Jerias não quis saber do que ele dizia, e levou Jeremias à presença das autoridades da cidade. Estas estavam furiosas contra o profeta, mandaram-no açoitar e puseram-no no calabouço, nas caves da casa de Jónatas o secretário, que tinham sido transformadas em prisão. Jeremias esteve ali vários dias. Mas aconteceu que o rei Zedequias o mandou chamar ao palácio, secretamente; e perguntou-lhe se tinha havido recentemente alguma mensagem do Senhor. “Sim”, respondeu Jeremias; “há, sim. Serás derrotado pelo rei de Babilónia!”

18/20 Então Jeremias abordou a questão da sua detenção. “Que foi que eu fiz, que justifique uma medida destas?”, perguntou ele ao rei. “Que crime foi que eu cometi? Diz só o que fiz eu contra ti, ou contra os governantes ou contra o povo? Onde estão esses profetas que diziam por aí que o rei de Babilónia nunca haveria de vir cá? Ouve, ó rei, meu senhor: Peço-te que não permitas que eu torne para o calabouço, porque morreria ali.”

21 Então o rei Zedequias deu ordens para que Jeremias não voltasse para o calabouço, e pô-lo antes numa cela da prisão do palácio, e que lhe fosse dado, cada dia, um pequeno pão fresco, na medida em que continuasse a haver pão na cidade. Assim Jeremias ficou preso ali no palácio.

O Livro (OL)

O Livro Copyright © 2000 by Biblica, Inc.® Used by permission. All rights reserved worldwide.

  Back

1 of 1

You'll get this book and many others when you join Bible Gateway Plus. Learn more

Viewing of
Cross references
Footnotes