A A A A A
Bible Book List

Isaías 22O Livro (OL)

Profecia sobre Jerusalém

22 Esta é a mensagem de Deus sobre o vale da Visão: O que é que está a acontecer? Onde é que vai toda a gente? Porque estão todos a subir para os telhados? Para onde é que estão a olhar? A cidade inteira encontra-se em plena agitação. Que se passa nesta activa e feliz cidade? São corpos! Mas mortos não por armas, nem na guerra. Todos os teus chefes estão a fugir, ou rendem-se sem resistência. O povo esgueira-se e escapa como pode, mas acabam por ser capturados igualmente. Deixem-me sozinho, a chorar amargamente. Não tentem consolar-me; deixem-me que chore pelo meu povo que está a ser liquidado. Oh, que dia de tremenda desgraça! Que dia de perturbação e de terror que nos mandou o Senhor Deus dos exércitos celestiais! As muralhas de Jerusalém foram derrubadas e os gritos dos que vão morrer ecoam até junto às montanhas. Os que transportam as armas são elamitas; os que conduzem os carros de guerra são sírios e os homens de Quir são quem traz os escudos. E vêm enchendo os vossos melhores vales, juntando-se em magotes junto dos portões da cidade.

8/10 É que Deus retirou a sua vigilante protecção! Vocês bem correm ao depósito de armas; bem inspeccionam os muros de Jerusalém a ver se podem reparar e tapar as brechas! Vão mesmo ver que casas é que poderiam derrubar a fim de ter pedra para essas reparações. 11 Entre as duas muralhas fazem um reservatório de água do poço inferior! Mas todos esses vossos precipitados planos de nada servirão, porque nunca pedem a ajuda de Deus, o qual permite que tudo isto vos aconteça. Pois foi ele quem planeou todas estas coisas já desde há muito tempo. 12 O Senhor Deus dos exércitos celestiais bem insistiu convosco para que se arrependessem, que chorassem e se contristassem e rapassem a cabeça em sinal de pesar por causa dos vossos pecados, que se vestissem de sacos para mostrar remorso. 13 Mas em vez disso, cantaram, dançaram, divertiram-se em festas e beberetes. “Vamos mas é comer, beber e divertirmo-nos”, diziam vocês. “Porque ao fim e ao cabo sempre teremos de morrer, mais tarde ou mais cedo.” 14 O Senhor dos exércitos celestiais revelou-me que este pecado nunca será perdoado, até ao dia da vossa morte.

15 Além disso, o Senhor dos exércitos celestiais falou-me o seguinte: Vai dizer o seguinte a Sebna, o administrador do palácio real: 16 “Quem pensas tu ser, para teres mandado construir na rocha este belo sepulcro para ti mesmo? 17/18 Porque o Senhor te arrojará para longe e te mandará para o cativeiro, a ti, ó homem forte! Amachucar-te-á nas mãos como se fosses um pedaço de trapo e lançar-te-á bem longe, para uma terra de aridez. E aí morrerás, tu, ó grande senhor, que desgraçou a sua nação!

19 Sim, expulsar-te-ei das tuas funções, diz o Senhor, derrubar-te-ei da tua alta posição. 20/21 E chamarei então o meu servo Eliaquim, filho de Hilquias, para te substituir. Este será revestido da tua própria autoridade, dos teus cargos e dos teus títulos; tornar-se-á um pai para o povo de Jerusalém e para Judá. 22/24 Porei sobre os seus ombros a chave da casa de David. Ele abrirá, e ninguém poderá fechar; fechará, e ninguém poderá abrir. Fixá-lo-ei firmemente, como se fosse uma poderosa cavilha. Será responsabilizado pela honra do nome da sua família. 25 Mas quanto a esse outro prego que parece tão seguro e bem fixo à parede, o Senhor o tirará! Será arrancado e cairá por terra, arrastando atrás de si tudo quanto segurava. Foi o Senhor quem o disse.

O Livro (OL)

O Livro Copyright © 2000 by Biblica, Inc.® Used by permission. All rights reserved worldwide.

  Back

1 of 1

You'll get this book and many others when you join Bible Gateway Plus. Learn more

Viewing of
Cross references
Footnotes