A A A A A
Bible Book List

Ezequiel 32O Livro (OL)

Lamentação sobre Faraó

32 No dia 3 de Março, no décimo segundo ano do cativeiro do rei Jeconias, veio a mim esta palavra do Senhor. Homem mortal, chora por Faraó, o rei do Egipto, e diz-lhe assim: Pensas que és tão forte como um leão novo, no meio das gentes, mas não passas de um mero crocodilo arrastando-se nos bancos de areia do Nilo, fazendo borbulhar a água e remexendo com o lodo.

3/4 Diz o Senhor Deus: mandarei um grande exército para te apanhar com a minha rede. Arrastar-te-ei, e ficarás abandonado no chão, até morreres. As aves dos céus voarão para ti e os animais selvagens de toda a terra devorar-te-ão até estarem fartos e cheios. 5/8 Cobrirei as colinas com a tua carne, atulharei os vales com os teus ossos. Ensoparei a terra com o teu sangue ainda a jorrar; as ravinas mais profundas encher-se-ão até chegar ao cimo das montanhas. Desaparecerás totalmente. Cobrirei os céus, escurecerei as estrelas. O Sol deixar-se-á de ver, escondido por uma espessa nuvem, e a Lua não mais brilhará. É verdade — em toda a terra não haverá senão escuridão; nem as estrelas no firmamente terão luz.

9/10 Quando te destruir, haverá uma sensação de abatimento no coração de muitos povos distantes que tu nunca viste. Sim, muitas terras serão sacudidas pelo terror; muitos governantes ficarão tremendamente aflitos devido ao que te fiz. Estremecerão de pânico quando brandir a minha espada perante eles. Tremerão pelas suas vidas no dia da tua queda.

11/16 Diz o Senhor Deus: Virá sobre vocês a espada do rei da Babilónia. Destruir-te-ei com o seu poderoso exército, que é o terror das nações, e que esmigalhará o orgulho do Egipto e todo o seu povo — todos perecerão. Liquidarei todos os teus rebanhos e todo o teu gado que pasta junto aos ribeiros; nem os homens nem os animais remexerão jamais com essas águas. Por isso as torrentes do Egipto passarão a permanecer claras e fluentes como o azeite que se escoa aveludadamente, diz o Senhor Deus. E quando eu destruir o Egipto e varrer da sua terra tudo o que lá existe, então ele saberá que fui eu, o Senhor, quem fez tal coisa. Sim, chorem por causa das angústias do Egipto. Que todas as nações derramem lágrimas por ele e pelo seu povo, diz o Senhor.

17 Duas semanas mais tarde, recebi outra mensagem do Senhor. Diz ele: 18/21 Homem mortal, chora pelo povo do Egipto, e também pelas outras poderosas nações. Serão mandadas para o mundo inferior, para junto dos residentes no inferno. Diz-lhes: Serás mais favorecido tu, ó Egipto, do que os outros? Desce lá para o fundo; lá ficarás com os que desprezam Deus. Os egípcios morrerão com as multidões que foram trespassadas pela espada, porque uma espada está voltada na direcção do Egipto, e executará o juízo. Os poderosos guerreiros no mundo do inferno o receberão, quando lá descer na companhia dos seus amigos, para lá ficar junto das nações que tanto desprezou; todos serão vítimas da espada.

22/23 Os príncipes da Assíria jazem por lá, rodeados pelos túmulos de todo o seu povo, daqueles que foram mortos na guerra. Os seus cadáveres foram parar ao mais fundo do inferno, juntamente com os dos seus aliados. Toda essa gente poderosa, que anteriormente lançara o terror em imensos corações, foi morta às mãos dos adversários.

24/25 Lá estão os grandes reis do Elão com o seu povo. Oprimiram nações enquanto viveram; e agora ali estão no fundo do inferno. Tiveram o destino de todos os pagãos. Encontraram repouso, sim, mas foi no meio dos mortos, no meio dos sepúlcros da sua gente. É verdade, sim, aterrorizaram nações enquanto viviam, e agora foram parar vergonhosamente à cova, mortos na guerra.

26/28 Lá estão os governantes de Meseque e de Tubal, no meio das campas dos seus exércitos inteiros — todos eles idólatras — que antes tinham feito derreter de medo o coração de imensa gente; agora ali estão, jazendo mortos. Enterraram-nos como gente comum, e não como grandes senhores, a quem se fazem pomposos funerais, e se lhes colocam as armas na campa: a espada debaixo do corpo e o escudo a cobri-lo. Foram o terror das gentes, enquanto viveram. Agora, serás despedaçado e esmagado no meio dos idólatras, mortos pela espada da guerra.

29/30 Ali está Edom com os seus governantes e altos magistrados; poderosos como eram, eles aí estão agora por entre toda essa gente abatida em combate, por entre os idólatras que desceram à cova. Os príncipes do norte ali estão, mais os sidónios, todos trespassados pela espada. Antes, eram o terror de todos, agora estão cobertos de vergonha; elevam a sua ignomínia para a cova, juntamente com os que foram mortos.

31/32 Quando o Faraó chegar consolar-se-á com o facto de não ter sido o único a ver o seu exército desfeito, diz o Senhor Deus. Porque o Senhor mandou o seu terror sobre todos os viventes. Faraó e os seus exércitos jazerão igualmente por entre os idólatras que a guerra liquidou, declara o Senhor Deus.

O Livro (OL)

O Livro Copyright © 2000 by Biblica, Inc.® Used by permission. All rights reserved worldwide.

  Back

1 of 1

You'll get this book and many others when you join Bible Gateway Plus. Learn more

Viewing of
Cross references
Footnotes