A A A A A
Bible Book List

2 Reis 20O Livro (OL)

A doença de Ezequias

20 Ezequias adoeceu gravemente, ficando às portas da morte. O profeta Isaías veio visitá-lo. “Põe todos os teus assuntos em ordem”, disse-lhe Isaías, “e prepara-te para morreres. O Senhor manda dizer-te que não recobrarás a saúde.”

Ezequias voltou-se para o lado da parede e orou assim ao Senhor: “Ó Senhor, lembra-te como sempre me esforcei por te obedecer e te agradar em tudo o que fiz”. E rompeu em lágrimas.

Antes que o profeta tivesse deixado o pátio do palácio, o Senhor tornou a falar-lhe: 5/6 “Volta para trás, a ter com Ezequias, o chefe do meu povo; diz-lhe que o Senhor Deus do seu antepassado David ouviu a sua oração e viu as lágrimas que verteu. Curá-lo-ei; daqui a três dias levantar-se-á da cama e estará no templo! Acrescentarei quinze anos à sua vida e salvarei esta cidade do rei da Assíria. Tudo isto será feito para glória do meu próprio nome e por amor do meu servo David.”

Isaías deu instruções ao rei para cozer uns quantos figos secos e fazer uma pasta, espalhando-a sobre a ferida de que sofria. E ficou curado!

Entretanto Ezequias, o monarca, disse a Isaías: “Faz um milagre que me dê a prova em como foi o Senhor que me curou, e que estarei com condições para ir ao templo daqui a três dias.”

Isaías respondeu: “Está bem, o Senhor vai dar-te uma prova. O que é que tu preferes, que a sombra do relógio de sol avance dez graus ou recue dez graus?”

10 “A sombra avançar, isso é o seu movimento normal. Faz antes que ela recue.” 11 Então Isaías pediu ao Senhor que fizesse isso, e com efeito a sombra recuou dez graus no relógio de sol de Acaz!

Os embaixadores da Babilónia

12/13 Por esse tempo Merodaque-Baldá (filho do rei Baldá da Babilónia) enviou embaixadores para felicitar e oferecer um presente a Ezequias, pelo facto de se ter curado da sua doença. Ezequias recebeu-os cordialmente, e mostrou-lhes todos os seus tesouros — o que tinham em prata, em ouro, em especiarias, em perfumes e em armamento — tudo.

14 Então Isaías foi ter com ele e perguntou-lhe: “Que é que pretendiam esses indivíduos? Donde eram eles?”

Ezequias respondeu: “De longe, da Babilónia.”

15 “Que foi que eles viram do teu palácio?”, perguntou Isaías.

“Viram tudo. Mostrei-lhes todos os meus tesouros.”

16/18 “Ouve a palavra do Senhor: Há-de vir a altura em que tudo neste palácio será transportado para Babilónia. Todos os tesouros dos teus antepassados serão levados — nada ficará aqui. Alguns dos teus próprios filhos serão cativos e feitos eunucos, para servirem no palácio do rei de Babilónia.”

19 “Pois sim”, respondeu Ezequias, “se for essa a vontade do Senhor, está bem.” No entanto o que lhe estava realmente no pensamento era o seguinte: “Pelo menos haverá paz e segurança no resto da minha vida!”

20/21 Os outros acontecimentos da história de Ezequias e os seus feitos — incluindo o poço e a conduta que mandou construir para trazer água à cidade — estão consignadas nas Crónicas dos Reis de Judá. Quando faleceu, o trono foi ocupado pelo seu filho Manassés, que se tornou assim o novo rei.

O Livro (OL)

O Livro Copyright © 2000 by Biblica, Inc.® Used by permission. All rights reserved worldwide.

  Back

1 of 1

You'll get this book and many others when you join Bible Gateway Plus. Learn more

Viewing of
Cross references
Footnotes