A A A A A
Bible Book List

1 Tessalonicenses 2O Livro (OL)

O ministério de Paulo em Tessalónica

Vocês bem sabem, irmãos, que a nossa passagem no vosso meio não foi de forma alguma inútil. Embora tenhamos sofrido e sido maltratados em Filipos, como se lembram, Deus deu­nos ousadia para vos pregar as boas novas, apesar da oposição que se levantava. E a nossa pregação não foi feita com segundas intenções, nem por motivos ardilosos ou com o desejo de tirar proveitos pessoais.

Nós fomos considerados por Deus como sendo dignos de transmitir a mensagem do evangelho que nos foi confiada; e isso fazemos sem cuidar em agradar às pessoas, mas sim a Deus, que conhece os nossos corações. Vocês puderam verificar como nunca usámos de palavras lisonjeiras, a fim de beneficiarmos de ajudas em nosso proveito. Deus é testemunha disso. E nunca procurámos os louvores do público que nos ouvia, quer fossem vocês mesmos ou outros. É verdade que, como representantes de Cristo, teríamos direito a exigir qualquer coisa de vocês. Mas não: nós, no vosso meio, fomos antes como uma mãe para com os seus filhos, fomos cheios de cuidados. De tal forma queríamos o vosso bem que até, para além de vos darmos a boa nova de Deus, vos daríamos também as nossas próprias vidas, pois vocês nos eram muito queridos.

Recordam­se, irmãos, de todo o nosso trabalho e canseira? Trabalhámos noite e dia a fim de não nos tornarmos pesados a ninguém, enquanto vos anunciávamos o evangelho de Deus. 10 Vocês — e Deus também — são testemunhas da forma santa, justa e irrepreensível como nos comportámos para convosco os que creram. 11/12 E viram como vos exortámos e encorajámos, como faria um pai aos seus próprios filhos, para que a vossa conduta honrasse Deus, o qual vos levará para o seu domínio celestial, para partilharem da sua glória.

13 Por isso não deixamos de dar a Deus o nosso agradecimento pelo facto de terem recebido a mensagem de Deus, que vos pregámos, não como teorias humanas, mas como a palavra mesma de Deus, que realmente é, e que agiu profundamente na vida de vocês, os crentes.

14 Na realidade, tem­vos acontecido, irmãos, o mesmo que às igrejas de Deus na Judeia, fiéis a Jesus Cristo; porque vocês também sofreram dos vossos próprios compatriotas a mesma perseguição que a eles lhes moveram os judeus. 15 Estes foram os que, depois de matarem os seus próprios profetas, levaram à morte o Senhor Jesus, e nos têm perseguido também a nós. Estão contra Deus, e são afinal inimigos da humanidade. 16 Impedem­nos de falar aos gentios a mensagem da salvação, apenas conseguindo, com mais isso ainda, aumentar os seus pecados. Mas a severidade da justiça de Deus atingiu­os finalmente com todo o seu rigor.

Paulo tem saudades dos tessalonicenses

17 Quanto a nós, irmãos, tendo estado, por um certo espaço de tempo, longe da vossa vista — mas não longe de coração — com tanto mais vontade procurámos tornar a ver­vos. 18 E assim, por mais que uma vez, tentámos ir ter convosco, pelo menos eu, Paulo, mas sempre fomos impedidos disso por Satanás. 19 Porque, afinal, não são vocês que constituem o objecto das nossas expectativas? E não são vocês que fazem toda a nossa alegria, e que serão a nossa recompensa espiritual perante o nosso Senhor Jesus Cristo, quando ele voltar? 20 Vocês são a nossa alegria; vocês são a nossa glória!

O Livro (OL)

O Livro Copyright © 2000 by Biblica, Inc.® Used by permission. All rights reserved worldwide.

  Back

1 of 1

You'll get this book and many others when you join Bible Gateway Plus. Learn more

Viewing of
Cross references
Footnotes