A A A A A
Bible Book List

Salmos 1-2 O Livro (OL)

Primeiro Livro

(Salmos 1–41)

Feliz é aquele
que não segue o conselho dos ímpios,
que não vai pelo caminho dos pecadores,
nem se senta na companhia dos escarnecedores.
Antes tem prazer em fazer o que o Senhor ensina,
meditando dia e noite na sua Lei.
É como a árvore plantada junto a cursos de água,
que dá fruto na época própria,
e cujas folhas não murcham.
Tudo o que ele fizer prospera.

Mas não são assim os ímpios!
São antes como a palha
que o vento leva.
Por isso, não resistirão, quando vier o julgamento de Deus,
não poderão permanecer no ajuntamento dos justos.

Pois o Senhor conhece o caminho dos justos,
mas o caminho dos ímpios conduz à perdição.
Porque se revoltam os povos?
Porque elaboram eles planos vãos?
Os reis da Terra reúnem-se com os chefes,
para conspirarem contra o Senhor e contra o seu Messias!
“Quebremos as suas correntes”, dizem,
“deixemos de ser escravos de Deus!”

Aquele que se senta no trono no céu simplesmente se ri;
o Senhor diverte-se com os seus mesquinhos planos.
Então lhes falará com cólera,
a sua severidade os espantará:
“Este é o Rei da minha escolha,
coroado por mim no meu santo monte Sião.”
E o seu escolhido responde:
“Vou revelar os propósitos de Deus,
porque o Senhor me disse:
‘Tu és meu Filho, hoje tornei-me teu Pai.
Basta pedires e eu te darei todas as nações do mundo.
Tu as governarás com uma vara de ferro
e as despedaçarás como louça de barro!’ ”

10 Sendo assim, que os reis compreendam isto;
que todos os líderes dos povos se deixem corrigir.
11 Sirvam o Senhor com temor reverente;
alegrem-se com tremor.
12 Honrem[a] o filho,
antes que a sua cólera se acenda e morram.
Porque a sua cólera não leva tempo a inflamar-se.
Como são felizes todos os que se refugiam nele!

Footnotes:

  1. 2.12 No hebraico, beijem o filho.
O Livro (OL)

O Livro Copyright © 2000 by Biblica, Inc.® Used by permission. All rights reserved worldwide.

Salmos 15 O Livro (OL)

Salmo de David.

15 Senhor, quem pode achar refúgio no teu tabernáculo
e ficar contigo no teu santo monte?

Certamente aquele que anda em retidão,
que pratica a justiça e que fala verdade.
Aquele que não calunia os outros,
que respeita o próximo
e não dá ouvidos à maledicência.
Aquele que sabe censurar quem pratica o pecado,
mas que honra os que temem o Senhor;
também aquele que cumpre as promessa que faz;
ainda que fique prejudicado, nada o fará mudar de ideias.
Aquele que ajuda os pobres,
sem esperar pesados serviços em recompensa;
que recusa receber subornos contra o inocente.

Quem assim procede permanecerá firme para sempre.

O Livro (OL)

O Livro Copyright © 2000 by Biblica, Inc.® Used by permission. All rights reserved worldwide.

Salmos 22-24 O Livro (OL)

Salmo de David. Para o diretor do coro. Feito sobre a melodia “Gazela da manhã”.

22 Meu Deus, meu Deus, porque me abandonaste?
Porque não escutas o meu gemido
e estás longe, sem me salvares?
Chamo de dia e não me ouves, meu Deus;
de noite é a mesma coisa:
não tenho resposta e não consigo sossegar.

Porém, tu és santo;
os louvores de Israel
envolveram o teu trono.
Confiaram em ti
e tu os livraste.
Gritaram por socorro e escaparam;
buscaram a tua ajuda e não ficaram dececionados.

Mas eu sou verme e não homem;
escarnecido pelos homens e desprezado pelo povo.
Todos os que me veem fazem troça de mim,
encolhem os ombros, abanam a cabeça e dizem:
“Confiou nele?
Então ele que o livre,
já que diz que ele tem prazer nele.”

Mas foste tu quem me tirou do ventre de minha mãe
e me protegeu desde os primeiros dias no seu seio.
10 Desde o meu nascimento que estou à tua guarda;
tens sido sempre o meu Deus.

11 Não me deixes agora,
porque a aflição está próxima
e não há mais ninguém que possa ajudar-me.

12 Estou cercado de gente má,
violenta como touros bravos de Basã.
13 Abriram contra mim as suas bocas,
como leões rugindo, quando atacam a presa.
14 A minha vida se desfez como água;
todos os meus ossos se desconjuntaram.
O meu coração, dentro de mim,
derreteu-se como cera.
15 Secou-se-me a força como barro ao Sol;
a língua pega-se-me à boca,
porque me lançaste no pó da morte.

16 Rodeou-me um bando de malfeitores,
como se fossem cães;
atravessaram-me as mãos e os pés.
17 Poderia até contar todos os ossos do meu corpo;
eles olham para mim, observam-me malignamente.
18 Repartem a minha roupa entre si
e tiram à sorte a minha túnica.

19 Mas tu, Senhor, não te afastes de mim;
és a minha força, vem socorrer-me depressa.
20 Livra a minha alma das armas de morte;
poupa a minha preciosa vida da maldade desses cães.
21 Salva-me da boca do leão;
sim, ouve-me quando estiver preso nos chifres de touros selvagens.

22 Então declararei o teu nome perante os meus irmãos;
falarei de ti perante a assembleia do povo.
23 Louvem o Senhor, todos os que o temem;
honrem-no, todos os que são da descendência de Jacob;
tenham-lhe reverência, todos os que descendem de Israel.
24 Porque não ficou indiferente
nem se esqueceu da dor daquele que estava aflito;
não virou a cara quando eu sofria;
quando o chamei, ouviu-me.

25 Eu te louvarei na grande assembleia do povo;
cumprirei publicamente os meus votos
na presença de todos os que te temem.
26 Os pobres, que vivem aflitos, comerão e ficarão fartos.
Todos os que buscam o Senhor o louvarão;
o vosso coração viverá para sempre.

27 A Terra inteira se lembrará dele
e se voltará para o Senhor.
Todos os povos das nações o adorarão,
28 pois o Senhor é Rei
e domina sobre as nações.

29 Os grandes da Terra o adorarão;
os que na vida só esperam pela morte
também se inclinarão perante ti para te adorar.
30 Nossos filhos também o servirão,
porque lhes falaremos do Senhor.
31 Gerações que ainda não nasceram
ouvirão falar sobre a justiça de Deus;
falarão de tudo o que ele fez.

Salmo de David.

23 O Senhor é o meu Pastor,
por isso, nada me faltará.
Faz-me descansar em verdes pastagens;
guia-me calmamente a ribeiros tranquilos.
Dá novas forças à minha alma;
conduz-me pelos caminhos da justiça,
para que eu honre o seu bom nome.
Se andar pelo escuro desfiladeiro da morte,
não terei medo, porque tu estás comigo;
a tua vara e o teu cajado me amparam.

Preparas-me uma mesa maravilhosa,
mesmo na presença dos meus inimigos.
Unges a minha cabeça com óleo;
enches-me de abundantes bênçãos,
        como uma taça que transborda.
Sem dúvida que a tua bondade e a tua misericórdia
me hão de acompanhar todos os dias da minha vida.
Habitarei na tua casa para sempre.

Salmo de David.

24 A Terra e tudo o que nela há pertence ao Senhor!
Todo o mundo é dele,
assim como os seus habitantes!
Foi ele quem a fez surgir do fundo dos mares
e a torna estável no meio das águas.

Quem pode subir até ao monte do Senhor?
Quem pode estar no lugar santo onde ele mora?
Somente aquele cujas mãos estão limpas de maldade
e cujo coração é puro,
que não pratica a mentira nem a desonestidade.

Ele receberá a bênção do Senhor;
terá como recompensa a própria justiça de Deus, o seu Salvador.
Esse é o que te busca;
o que anseia pela tua face, ó Deus de Jacob. (Pausa)

Abram-se, ó portas,
abram-se de par em par, ó entradas eternas,
e passará o Rei da glória.
E quem é esse Rei da glória?
É o Senhor, forte e poderoso,
invencível na batalha.
Abram-se, ó portas,
abram-se de par em par, ó entradas eternas,
e passará o Rei da glória.
10 Quem é este Rei da glória?
O Senhor dos exércitos!
        Ele é o Rei da glória! (Pausa)

O Livro (OL)

O Livro Copyright © 2000 by Biblica, Inc.® Used by permission. All rights reserved worldwide.

Salmos 47 O Livro (OL)

Salmo dos descendentes de Coré. Para o diretor do coro.

47 Venham todos e batam palmas de alegria!
Cantem a Deus, louvando o seu triunfo!

Porque o Senhor, que está acima de tudo e de todos,
é Deus imensamente poderoso;
ele é o grande Rei com autoridade total sobre a Terra.
Ele subjugou os povos diante de nós
e pôs as nações sob o nosso comando.
Escolheu para nós as suas melhores bênçãos;
o melhor de tudo o que existe para o povo que ele ama. (Pausa)

Deus subiu entre clamores de alegria,
sob o toque triunfante das trombetas.
Cantem louvores a Deus!
Sim, cantem louvores ao nosso Rei!
Deus é Rei sobre toda a Terra.
Cantem-lhe louvores com harmonia e inteligência!

Ele reina sobre as nações,
sentado no seu santo trono.
Os chefes dos povos se juntarão a nós,
para formarem connosco o povo do Deus de Abraão.
A Deus pertencem os governantes da Terra;
Deus está acima de todos!

O Livro (OL)

O Livro Copyright © 2000 by Biblica, Inc.® Used by permission. All rights reserved worldwide.

Salmos 68 O Livro (OL)

Salmo e Cântico de David. Para o diretor do coro.

68 Levanta-te, ó Deus, e dispersa os teus inimigos;
que fujam diante de ti!
Assim como o fumo se vai, diante do vento,
assim os porás tu em fuga.
Como a cera se derrete com o fogo,
assim morram os maus.
Que se encham de alegria os que amam justiça;
que sejam felizes e gozem de contentamento!

Cantem para Deus, cantem louvores ao seu nome;
louvem aquele que anda sobre os altos céus.
O seu nome é Senhor;
rejubilem na sua presença.
Ele é pai dos órfãos;
é quem defende o direito das viúvas,
é Deus na sua santa morada.
Ele faz com que o que vive só tenha uma família;
liberta os presos das cadeias.
Mas os que se revoltam contra Deus
viverão numa terra queimada pelo Sol.

Ó Deus, tu guiaste o teu povo através do deserto. (Pausa)
A terra tremeu e os céus foram sacudidos;
até o monte Sinai tremeu diante de Deus, o Deus de Israel.
Enviaste abundantemente a chuva sobre a terra;
refrescaste aquela terra cansada e gasta.
10 Nela morava o rebanho do teu povo.
Deste àquele pobre povo uma pátria;
foste muito generoso com ele.
11 O Senhor falou, e um grande número
de mulheres partilhou as boas novas:
12 “Os exércitos inimigos e os seus chefes fugiram!”
Até as mulheres de toda a parte de Israel
repartem os despojos de guerra.
13 Ainda que fossem como simples e humildes ovelhas,
deitadas nos seus currais,
tornaram-se belas como as asas duma pomba,
cobertas com as joias e o ouro que ganharam.
14 Quando o Todo-Poderoso ali espalhou os reis inimigos,
foi como flocos de neve derretendo no monte Zalmom.

15 Quão alto é o monte de Basã, como o monte de Deus!
Majestosos e elevados são os seus cumes.
16 Ó cordilheira magnífica, com tantos cimos imponentes!
O monte de Deus foi o lugar que ele escolheu
em que o próprio Senhor habitará para sempre,
17 rodeado de inúmeros carros de guerra.
O Senhor está no meio deles,
como estava também no Sinai,
morando na sua santa habitação.
18 Tu subiste às alturas,
levando muitos cativos atrás de ti.
Recebeste presentes dos homens,
até daqueles que foram rebeldes,
para que pudesses habitar entre eles, Senhor Deus.

19 Bendito seja o Senhor que, dia após dia,
leva as nossas cargas; Deus é a nossa salvação. (Pausa)
20 Ele nos salva, o Senhor Deus,
porque tem domínio sobre a morte.
21 Contudo, esmagará a cabeça dos seus inimigos,
o crânio cabeludo desses que teimam
em andar nos seus caminhos de pecado.
22 O Senhor disse: “Eu farei voltar os seus inimigos
do monte Basã,
onde se escondem, e até dos fundos mares.
23 O povo de Deus precisa destruí-los;
pisará o seu sangue e os cães os devorarão.”

24 Eles viram o teu cortejo, ó meu Deus e meu Rei,
movimentando-se em direção ao teu santuário.
25 Os cantores na frente, os músicos atrás,
e no meio, meninas tocando pandeiretas.
26 Que todo o povo de Deus louve o Senhor,
que é a fonte de Israel!
27 A pequena tribo de Benjamim abre o caminho;
depois vêm os chefes de Judá,
com todo o conjunto dos seus anciãos;
logo atrás os chefes de Zebulão e Naftali.

28 O teu Deus decidiu que fosses forte.
Mostra a tua força, ó Deus,
tu que já fizeste coisas tão poderosas em nosso favor.
29 Os reis trazem presentes ao teu templo em Jerusalém,
porque o apreciam muito.
30 Repreende os nossos inimigos, Senhor,
porque são como feras;
são como manadas imensas de touros e bezerros,
todos esses povos que têm prazer na guerra;
traze-os submissos com os seus tributos na mão.
31 O Egito enviará embaixadores;
Cuche estenderá as suas mãos em adoração a Deus.

32 Cantem a Deus, ó nações da Terra,
cantem louvores ao Senhor! (Pausa)
33 Àquele que está em cima, nos altíssimos céus,
desde a antiguidade sem fim,
e cuja poderosa voz brada intensamente.
34 O poder pertence a Deus;
a sua majestade se exerce sobre Israel;
a sua força vem lá dos céus.
35 Ó Deus de Israel, quão admirável és no teu santuário!
És tu quem dá o poder e a força ao teu povo.

Bendito seja Deus!

O Livro (OL)

O Livro Copyright © 2000 by Biblica, Inc.® Used by permission. All rights reserved worldwide.

  Back

1 of 1

You'll get this book and many others when you join Bible Gateway Plus. Learn more

Viewing of
Cross references
Footnotes