A A A A A
Bible Book List

Lucas 12O Livro (OL)

Avisos e encorajamentos

12 1/2 Entretanto, a multidão crescia até haver milhares de pessoas que se atropelavam. Voltando­se primeiro para os discípulos, avisou­os: “Acima de tudo, tenham cuidado com a hipocrisia, como a destes fariseus. Aliás semelhante fingimento não poderá ficar sempre escondido. Tornar­se­á por fim tão evidente como o fermento na massa da farinha. Não há nada encoberto que não venha a ser conhecido; nem nada de oculto que não venha a saber­se. Tudo o que disserem nas trevas será ouvido à luz, e o que segredarem num quarto ecoará pelos telhados!

4/5 Meus amigos, não receiem os que vos podem matar. Esses só conseguirão matar o corpo, mas não têm poder sobre as vossas almas. Mas dir­vos­ei a quem devem temer: temam e obedeçam a Deus, que tem poder para matar e lançar no inferno.

6/7 Quanto custam cinco pardais? Pouco dinheiro, não é isso? Mesmo assim Deus não esquece nem um só. Ele tem os cabelos da vossa cabeça todos contados! Não temam nunca, pois vocês valem muito mais para ele do que um bando de pardais.

8/10 E garanto­vos isto: Eu, o Filho do Homem, vos honrarei publicamente na presença dos anjos de Deus, se também publicamente mostrarem aqui na Terra que me seguem. Porém, àqueles que me negarem aqui entre os homens também eu os negarei na presença dos anjos de Deus. Contudo, quem falar contra mim ainda pode ser perdoado, mas nunca quem falar contra o Espírito Santo.

11/12 E quando forem levados à presença dos governantes e das autoridades, não se preocupem com o que deverão dizer, porque o Espírito Santo vos ensinará as palavras certas no próprio momento.”

A ilustração do rico homem

13 Foi então que alguém exclamou no meio da multidão: “Senhor, peço­te que digas ao meu irmão que reparta comigo a herança do meu pai.” Jesus respondeu:

14/15 “Não sou juiz para decidir sobre essas questões legais entre vocês. Mas a questão de fundo é que não se deixem dominar pela avareza. Porque a vida verdadeira não está garantida pelos bens que se possa ter.”

16/19 E deu um exemplo: “Certo homem rico possuía uma propriedade fértil que dava boas colheitas. Assim os seus celeiros ficaram a transbordar, e não podia guardar tudo lá dentro. O homem pôs­se a pensar no problema. Por fim, exclamou: ‘Já sei, vou deitar abaixo os celeiros e construir outros maiores. Assim terei espaço suficiente. Depois direi comigo mesmo: ‘Amigo, armazenaste o bastante para os anos futuros. Agora, repousa e come, bebe e diverte­te.’

20 Mas Deus disse­lhe: ‘Louco! Esta noite vais morrer; e para quem fica tudo isso?’

21 Sim, louco é quem acumula riquezas na Terra mas não é rico em relação a Deus.”

Não se preocupem

22/24 E, voltando­se para os discípulos: “Não se preocupem com o ter ou não comida suficiente e roupa para vestir, porque a vida é muito mais do que o comer ou o vestir. Olhem os corvos: não plantam, não colhem, não têm celeiros para armazenar alimento, e mesmo assim vivem, porque é Deus quem os sustenta. E vocês valem muito mais do que aves! 25/26 Além disso, qual é a vantagem de nos preocuparmos? Porventura irá isso acrescentar um só dia que seja à vossa vida? Claro que não! E se a preocupação não ajuda nem sequer a realizar coisas pequenas, qual é a vantagem de nos preocuparmos com coisas maiores?

27/28 Olhem os lírios do campo, que não trabalham nem tecem, e, contudo, nem Salomão em toda a sua glória se vestiu tão bem como eles. E se Deus veste as flores, que hoje se abrem e amanhã desaparecem, não acham que dará o necessário também a vocês, almas com tão pouca confiança?” 29/31 E não se preocupem com o que comer e o que beber; que isso não vos cause ansiedade. Toda a gente em geral se afadiga para ganhar o sustento de cada dia, mas o vosso Pai celeste conhece as vossas necessidades. Ele sempre vos dará tudo o que vos é preciso, dia após dia, se fizerem do reino de Deus a vossa principal preocupação.

32 Portanto, não tenhas medo, pequeno rebanho, porque o vosso Pai se alegra em dar­vos o reino.

33/34 Vendam o que têm e dêem aos que estão em necessidade, e assim encherão o vosso cofre no céu! No céu os cofres não se arrombam, nem têm buracos. Os vossos tesouros ali jamais desaparecerão; nenhum ladrão os poderá roubar, nem nenhuma calamidade os destruirá. Onde estiver o vosso tesouro ali estará também o vosso coração.

Sejam vigilantes

35/37 Estejam preparados, com as vossas candeias acesas, como se esperassem o vosso Senhor regressando da festa de casamento. Assim, estarão preparados para lhe abrir a porta e o deixar entrar quando chegar e bater. Felizes os que estiverem vigiando assim. Ele mesmo os sentará à mesa e os servirá!

38/40 Poderá vir às nove da noite, ou talvez à meia­noite. Porém, seja qual for a hora, felizes os que estiverem pontos. Estejam tão preparados como se soubessem a hora exacta do seu regresso, assim como também estariam quando um ladrão aparecesse, se soubessem a hora a que vinha para assaltar a casa. Portanto, mais razão há para estarem sempre pontos, porque eu, o Filho do Homem, voltarei quando menos me esperarem.”

41 Pedro perguntou: “Senhor, falas só para nós ou também para toda a gente?”

42/44 O Senhor respondeu: “Falo para qualquer homem fiel e sensato que se comporta como aquele cujo patrão lhe deu a responsabilidade de alimentar os outros criados. Quando o patrão voltar, se verificar que ele fez bom trabalho, lhe dará a responsabilidade sobre tudo o que tem. 45/46 Mas se o homem pensar: ‘O meu Senhor não voltará tão cedo’ e começar a maltratar os empregados, e a gastar o tempo em pândegas e bebedeiras, o seu patrão, ao voltar sem aviso, o afastará daquele cargo de confiança e expulsá­lo­á como um infiel. 47 Será severamente castigado por se recusar a cumprir a sua obrigação, ainda que sabendo bem qual era. 48 Mas aquele que por desconhecimento não se apercebe do seu mau comportamento será castigado com brandura. A quem muito se dá muito se exige, pois a sua responsabilidade é maior.

Não paz mas divisões

49/53 Vim trazer fogo à Terra, e desejava que essa tarefa tivesse já completado! Aguarda­me um baptismo terrível e sinto­me bem oprimido até lá chegar! Julgam que vim trazer a paz à Terra? Pelo contrário, trouxe contendas e divisões! Daqui em diante as famílias se dividirão, três a meu favor, dois contra, ou o inverso. Um pai decide­se de certo modo a meu respeito, mas o filho pode fazê­lo de modo diferente; mãe e filha poderão vir a não se entender; e a decisão de uma sogra será provavelmente recusada pela nora.”

Os sinais dos tempos

54/57 E voltando­se para o povo, Jesus disse: “Quando vêem as nuvens a formar­se no poente, sabem dizer: ‘Vem aí chuva!’, e têm razão. Quando sopra o vento sul, comentam: ‘Hoje vai fazer calor!’, e assim é. Que hipocrisia! Sabem interpretar os sinais nos céus, mas não atentam à vossa volta, nos sinais dos tempos em que vivem. Porque é que não vêem por si próprios o que é justo?

58/59 Se te encontrares com o teu acusador a caminho do tribunal, procura resolver o conflito antes que ele chegue ao juiz, não vá este condenar­te à prisão; porque, se tal acontecer, não serás libertado enquanto não tiveres pago e cumprido toda a pena integralmente até ao fim.”

O Livro (OL)

O Livro Copyright © 2000 by Biblica, Inc.® Used by permission. All rights reserved worldwide.

  Back

1 of 1

You'll get this book and many others when you join Bible Gateway Plus. Learn more

Viewing of
Cross references
Footnotes