A A A A A
Bible Book List

2 Samuel 12O Livro (OL)

Natã repreende David

12 O Senhor mandou o profeta Natã contar esta história a David: 2/4 “Havia dois homens numa cidade, um deles bastante rico, possuindo rebanhos de cordeiros e manadas de vacas; o outro muito pobre, que tinha apenas uma pequena ovelha que conseguira comprar e que criara em casa. Crescera com os seus próprios filhos; muitas vezes tirara do seu prato para lhe dar de comer; dera-lhe a beber do seu copo; dormira no seu regaço, como uma filha. Recentemente chegou a casa do rico um hóspede. Contudo, em vez de ir matar um cordeiro do seu rebanho para dar de jantar ao viajante, foi buscar a ovelha do pobre, assou-a e serviu-a ao convidado.”

5/6 David ficou furioso ao ouvir aquilo: “Juro, pelo Deus vivo, que quem quer que fizesse uma coisa semelhante haveria de morrer; haveria de pagar quatro ovelhas pela que roubou, e por não ter tido misericórdia.”

7/10 “Foste tu, esse homem rico!”, disse-lhe Natã. “O Senhor Deus de Israel manda-te dizer: ‘Fiz-te rei de Israel e salvei-te do poder de Saul. Dei-te um palácio, mulheres, os reinos de Israel e de Judá. E se isso não bastasse, dar-te-ia muito, muito mais. Porque é então que desprezaste as leis de Deus e praticaste uma acção tão má? Roubaste a mulher de Urias e assassinaste-o. Por isso o assasínio será uma constante ameaça no seio da tua família daqui em diante, pois que me insultaste, tomando para ti a mulher de Urias.

11/12 Garanto-te que, em razão daquilo que fizeste, a tua própria casa se revoltará contra ti. Darei as tuas mulheres a outro homem, que fará isso à luz do dia, enquanto que tu fizeste-o secretamente; mas eu tomarei previdências para que tal se passe abertamente, para que sirva de sinal aos olhos de todo o Israel.’”

13 “Pequei contra o Senhor”, confessou David a Natã.

Este respondeu: “Sim, mas o Senhor perdoou-te. Não morrerás por causa deste pecado. 14 No entanto deste uma grande oportunidade aos inimigos do Senhor para que o desprezem e blasfemem dele. Visto isso, a criança que nasceu morrerá.”

15/16 Natã retirou-se. O Senhor permitiu que o menino de Bate-Seba ficasse muito doente. David implorou a Deus que lhe poupasse o filho; deixou de comer e a noite inteira ficou prostrado no chão, perante o Senhor. 17/18 Os líderes da nação imploravam-lhe que se levantasse e fosse comer com eles, mas sempre recusou. Então, ao fim de sete dias, o bebé morreu. Os criados tinham receio de lho ir dizer: “Se ele estava daquela maneira quando a criança se encontrava doente, o que não será quando lhe comunicarmos que já faleceu?”

19 David, no entanto, reparando naqueles sussurros, viu bem o que acontecera. “A criança morreu?”, perguntou.

“Sim, já faleceu.” 20/21 Então levantou-se, foi-se lavar, arranjou o cabelo, mudou de roupa, dirigiu-se ao tabernáculo e adorou o Senhor. Regressou ao palácio e comeu. A criadagem estava atónita: “Não percebemos nada”, disseram-lhe. “Enquanto o criança estava com vida, choraste, recusaste comer; agora que ela está morta, acabaste com o choro e tornas a comer.”

22/23 “Se eu jejuei e chorei enquanto a criança vivia, é porque eu pensava assim: ‘Pode ser que o Senhor me faça a graça de permitir que o bebé sobreviva’. Mas por que razão haveria eu de continuar a jejuar depois de ele morrer? Poderia eu fazê-lo ressuscitar? Eu sim, poderei ir tem com ele, mas o menino não vem ter mais comigo.”

24/25 Depois foi consolar Bate-Seba. Tornando a dormir com ela, nasceu-lhe outro filho a quem chamou Salomão. O Senhor amou a criança, e mandou abençoá-la através do profeta Natã. O rei chamava ao menino Jedidias, que quer dizer amado do Senhor, devido ao interesse que o Senhor manifestou.

26/28 Entretanto Joabe e o exército de Israel estavam a terminar vitoriosamente o assalto a Rabá, capital dos amonitas. O general mandou mensageiros a David: “Rabá, com o seu belo porto, é já nossa! Agora, traz tu o resto do exército e finaliza o combate, para que obtenhas tu o crédito da vitória e não eu.”

29/31 David conduziu o exército até Rabá e capturou-a. Enormes quantidades de despojo foram trazidas para Jerusalém e David trouxe também a coroa do rei do adversário — uma peça preciosíssima, feita toda em ouro, cravejada de pedras preciosas — e colocou-a na sua própria cabeça. Fez escravos da população da cidade e pô-los a trabalhar com serras, e como serralheiros e fabricantes de tijolos. Foi desta forma que ele capturou todas as cidades dos amonitas. Depois voltou para Jerusalém.

O Livro (OL)

O Livro Copyright © 2000 by Biblica, Inc.® Used by permission. All rights reserved worldwide.

  Back

1 of 1

You'll get this book and many others when you join Bible Gateway Plus. Learn more

Viewing of
Cross references
Footnotes