A A A A A
Bible Book List

1 Samuel 21 Nova Versão Internacional (NVI-PT)

Davi Vai para Nobe

21 Davi foi falar com o sacerdote Aimeleque, em Nobe. Aimeleque tremia de medo quando se encontrou com ele, e perguntou: “Por que você está sozinho? Ninguém veio com você?”

Respondeu Davi: “O rei me encarregou de uma certa missão e me disse: ‘Ninguém deve saber coisa alguma sobre sua missão e sobre as suas instruções’. E eu ordenei aos meus soldados que se encontrassem comigo num certo lugar. Agora, então, o que você pode oferecer-me? Dê-me cinco pães ou algo que tiver”.

O sacerdote, contudo, respondeu a Davi: “Não tenho pão comum; somente pão consagrado; se os soldados não tiveram relações com mulheres recentemente, podem comê-lo”.

Davi respondeu: “Certamente que não, pois esse é o nosso costume sempre que saímos em campanha. Não tocamos em mulher. Esses homens mantém o corpo puro mesmo em missões comuns. Quanto mais hoje!” Então, o sacerdote lhe deu os pães consagrados, visto que não havia outro além do pão da Presença, que era retirado de diante do Senhor e substituído por pão quente no dia em que era tirado.

Aconteceu que um dos servos de Saul estava ali naquele dia, cumprindo seus deveres diante do Senhor; era o edomita Doegue, chefe dos pastores de Saul.

Davi perguntou a Aimeleque: “Você tem uma lança ou uma espada aqui? Não trouxe minha espada nem qualquer outra arma, pois o rei exigiu urgência”.

O sacerdote respondeu: “A espada de Golias, o filisteu que você matou no vale de Elá, está enrolada num pano atrás do colete sacerdotal. Se quiser, pegue-a; não há nenhuma outra espada”.

Davi disse: “Não há outra melhor; dê-me essa espada”.

Davi Foge para Gate

10 Naquele dia, Davi fugiu de Saul e foi procurar Aquis, rei de Gate. 11 Todavia os conselheiros de Aquis lhe disseram: “Não é este Davi, o rei da terra de Israel? Não é aquele acerca de quem cantavam em suas danças:

‘Saul abateu seus milhares,
e Davi suas dezenas de milhares’?”

12 Davi levou a sério aquelas palavras e ficou com muito medo de Aquis, rei de Gate. 13 Por isso, na presença deles fingiu que estava louco; enquanto esteve com eles, agiu como um louco, riscando as portas da cidade e deixando escorrer saliva pela barba.

14 Aquis disse a seus conselheiros: “Vejam este homem! Ele está louco! Por que trazê-lo aqui? 15 Será que me faltam loucos para que vocês o tragam para agir como doido na minha frente? O que ele veio fazer no meu palácio?”

Nova Versão Internacional (NVI-PT)

Biblia Sagrada, Nova Versão Internacional®, NVI® Copyright © 1993, 2000 by Biblica, Inc.® Used by permission. All rights reserved worldwide.

Salmos 34 Nova Versão Internacional (NVI-PT)

Salmo 34[a]

De Davi, quando ele se fingiu de louco diante de Abimeleque, que o expulsou, e ele partiu.

Bendirei o Senhor o tempo todo!
Os meus lábios sempre o louvarão.
Minha alma se gloriará no Senhor;
ouçam os oprimidos e se alegrem.
Proclamem a grandeza do Senhor comigo;
juntos exaltemos o seu nome.

Busquei o Senhor, e ele me respondeu;
livrou-me de todos os meus temores.
Os que olham para ele
    estão radiantes de alegria;
seus rostos jamais mostrarão decepção.
Este pobre homem clamou,
    e o Senhor o ouviu;
e o libertou de todas as suas tribulações.
O anjo do Senhor é sentinela ao redor
    daqueles que o temem,
    e os livra.

Provem, e vejam como o Senhor é bom.
    Como é feliz o homem que nele se refugia!
Temam o Senhor,
    vocês que são os seus santos,
pois nada falta aos que o temem.
10 Os leões[b] podem passar necessidade e fome,
mas os que buscam o Senhor de nada têm falta.

11 Venham, meus filhos, ouçam-me;
eu lhes ensinarei o temor do Senhor.
12 Quem de vocês quer amar a vida
e deseja ver dias felizes?
13 Guarde a sua língua do mal
e os seus lábios da falsidade.
14 Afaste-se do mal e faça o bem;
busque a paz com perseverança.
15 Os olhos do Senhor voltam-se para os justos
e os seus ouvidos
    estão atentos ao seu grito de socorro;
16 o rosto do Senhor
    volta-se contra os que praticam o mal,
para apagar da terra a memória deles.

17 Os justos clamam, o Senhor os ouve
e os livra de todas as suas tribulações.
18 O Senhor está perto
    dos que têm o coração quebrantado
e salva os de espírito abatido.

19 O justo passa por muitas adversidades,
mas o Senhor o livra de todas;
20 protege todos os seus ossos;
nenhum deles será quebrado.

21 A desgraça matará os ímpios;[c]
    os que odeiam o justo serão condenados.
22 O Senhor redime a vida dos seus servos;
ninguém que nele se refugia será condenado.

Footnotes:

  1. Salmos 34:1 O Salmo 34 é um poema organizado em ordem alfabética, no hebraico.
  2. 34.10 A Septuaginta e a Versão Siríaca dizem ricos.
  3. 34.21 Ou Os ímpios serão mortos nas suas próprias maldades;
Nova Versão Internacional (NVI-PT)

Biblia Sagrada, Nova Versão Internacional®, NVI® Copyright © 1993, 2000 by Biblica, Inc.® Used by permission. All rights reserved worldwide.

Lucas 6:1-5 Nova Versão Internacional (NVI-PT)

O Senhor do Sábado

Certo sábado, enquanto Jesus passava pelas lavouras de cereal, seus discípulos começaram a colher e a debulhar espigas com as mãos, comendo os grãos. Alguns fariseus perguntaram: “Por que vocês estão fazendo o que não é permitido no sábado?”

Jesus lhes respondeu: “Vocês nunca leram o que fez Davi, quando ele e seus companheiros estavam com fome? Ele entrou na casa de Deus e, tomando os pães da Presença, comeu o que apenas aos sacerdotes era permitido comer, e os deu também aos seus companheiros”. E então lhes disse: “O Filho do homem é Senhor do sábado”.

Nova Versão Internacional (NVI-PT)

Biblia Sagrada, Nova Versão Internacional®, NVI® Copyright © 1993, 2000 by Biblica, Inc.® Used by permission. All rights reserved worldwide.

1 Samuel 22 Nova Versão Internacional (NVI-PT)

Davi Refugia-se em Adulão e em Mispá

22 Davi fugiu da cidade de Gate e foi para a caverna de Adulão. Quando seus irmãos e a família de seu pai souberam disso, foram até lá para encontrá-lo. Também juntaram-se a ele todos os que estavam em dificuldades, os endividados e os descontentes; e ele se tornou o líder deles. Havia cerca de quatrocentos homens com ele.

De lá Davi foi para Mispá, em Moabe, e disse ao rei de Moabe: “Posso deixar meu pai e minha mãe virem para cá e ficarem contigo até que eu saiba o que Deus fará comigo?” E assim ele os deixou com o rei de Moabe, e lá eles ficaram enquanto Davi permaneceu na fortaleza.

Contudo, o profeta Gade disse a Davi: “Não fique na fortaleza. Vá para Judá”. Então Davi foi para a floresta de Herete.

Saul Mata os Sacerdotes de Nobe

Saul ficou sabendo que Davi e seus homens tinham sido descobertos. Saul estava sentado, com a lança na mão, debaixo da tamargueira, na colina de Gibeá, com todos os seus oficiais ao redor, e ele lhes disse: “Ouçam, homens de Benjamim! Será que o filho de Jessé dará a todos vocês terras e vinhas? Será que ele os fará todos comandantes de mil e comandantes de cem? É por isso que todos vocês têm conspirado contra mim? Ninguém me informa quando meu filho faz acordo com o filho de Jessé. Nenhum de vocês se preocupa comigo nem me avisa que meu filho incitou meu servo a ficar à minha espreita, como ele está fazendo hoje”.

Entretanto, Doegue, o edomita, que estava com os oficiais de Saul, disse: “Vi o filho de Jessé chegar em Nobe e encontrar-se com Aimeleque, filho de Aitube. 10 Aimeleque consultou o Senhor em favor dele; também lhe deu provisões e a espada de Golias, o filisteu”.

11 Então o rei mandou chamar o sacerdote Aimeleque, filho de Aitube, e toda a família de seu pai, que eram os sacerdotes em Nobe, e todos foram falar com o rei. 12 E Saul disse: “Ouça agora, filho de Aitube”.

Ele respondeu: “Sim, meu senhor”.

13 Saul lhe disse: “Por que vocês conspiraram contra mim, você e o filho de Jessé? Porque você lhe deu comida e espada, e consultou a Deus em favor dele, para que se rebelasse contra mim e me armasse cilada, como ele está fazendo?”

14 Aimeleque respondeu ao rei: “Quem dentre todos os teus oficiais é tão leal quanto Davi, o genro do rei, capitão de sua guarda pessoal e altamente respeitado em sua casa? 15 Será que foi essa a primeira vez que consultei a Deus em favor dele? Certamente que não! Que o rei não acuse a mim, seu servo, nem a qualquer um da família de meu pai, pois seu servo nada sabe acerca do que está acontecendo”.

16 O rei, porém, disse: “Com certeza você será morto, Aimeleque, você e toda a família de seu pai”.

17 Em seguida o rei ordenou aos guardas que estavam ao seu lado: “Matem os sacerdotes do Senhor, pois eles também apóiam Davi. Sabiam que ele estava fugindo, mas nada me informaram”.

Contudo, os oficiais do rei recusaram erguer as mãos para matar os sacerdotes do Senhor.

18 Então o rei ordenou a Doegue: “Mate os sacerdotes”, e ele os matou. E naquele dia, matou oitenta e cinco homens que vestiam túnica de linho. 19 Além disso, Saul mandou matar os habitantes de Nobe, a cidade dos sacerdotes: homens, mulheres, crianças, recém-nascidos, bois, jumentos e ovelhas.

20 Entretanto, Abiatar, filho de Aimeleque e neto de Aitube, escapou e fugiu para juntar-se a Davi, 21 e lhe contou que Saul havia matado os sacerdotes do Senhor. 22 Então Davi disse a Abiatar: “Naquele dia, quando o edomita Doegue estava ali, eu sabia que ele não deixaria de levar a informação a Saul. Sou responsável pela morte de toda a família de seu pai. 23 Fique comigo, não tenha medo; o homem que está atrás de sua vida também está atrás da minha. Mas você estará a salvo comigo”.

Nova Versão Internacional (NVI-PT)

Biblia Sagrada, Nova Versão Internacional®, NVI® Copyright © 1993, 2000 by Biblica, Inc.® Used by permission. All rights reserved worldwide.

Salmos 52 Nova Versão Internacional (NVI-PT)

Salmo 52

Para o mestre de música. Poema de Davi, quando o edomita Doegue foi a Saul e lhe contou: “Davi foi à casa de Aimeleque”.

Por que você se vangloria do mal
e de ultrajar a Deus continuamente?[a],
    ó homem poderoso!
Sua língua trama destruição;
é como navalha afiada, cheia de engano.
Você prefere o mal ao bem,
a falsidade, em lugar da verdade.Pausa
Você ama toda palavra maldosa,
    ó língua mentirosa!
Saiba que Deus o arruinará para sempre:
ele o agarrará e o arrancará da sua tenda;
ele o desarraigará da terra dos vivos.Pausa

Os justos verão isso e temerão;
rirão dele, dizendo:
“Veja só o homem
    que rejeitou a Deus como refúgio;
confiou em sua grande riqueza
    e buscou refúgio em sua maldade!”

Mas eu sou como uma oliveira
    que floresce na casa de Deus;
confio no amor de Deus
    para todo o sempre.
Para sempre te louvarei pelo que fizeste;
na presença dos teus fiéis
    proclamarei o teu nome,
porque tu és bom.

Footnotes:

  1. 52.1 Ou se a fidelidade de Deus dura para sempre?
Nova Versão Internacional (NVI-PT)

Biblia Sagrada, Nova Versão Internacional®, NVI® Copyright © 1993, 2000 by Biblica, Inc.® Used by permission. All rights reserved worldwide.

1 Samuel 23 Nova Versão Internacional (NVI-PT)

Davi Liberta o Povo de Queila

23 Quando disseram a Davi que os filisteus estavam atacando a cidade de Queila e saqueando as eiras, ele perguntou ao Senhor: “Devo atacar esses filisteus?”

O Senhor lhe respondeu: “Vá, ataque os filisteus e liberte Queila”.

Os soldados de Davi, porém, lhe disseram: “Aqui em Judá estamos com medo. Quanto mais, se formos a Queila lutar contra as tropas dos filisteus!”

Davi consultou o Senhor novamente. “Levante-se”, disse o Senhor, “vá à cidade de Queila, pois estou entregando os filisteus em suas mãos.” Então Davi e seus homens foram a Queila, combateram os filisteus e se apoderaram de seus rebanhos, impondo-lhes grande derrota e libertando o povo daquela cidade. Ora, Abiatar, filho de Aimeleque, tinha levado o colete sacerdotal quando fugiu para se juntar a Davi, em Queila.

Saul Persegue Davi

Foi dito a Saul que Davi tinha ido a Queila, e ele disse: “Deus o entregou nas minhas mãos, pois Davi se aprisionou ao entrar numa cidade com portas e trancas”. E Saul convocou todo o seu exército para a batalha, para irem a Queila e cercarem Davi e os homens que o seguiam.

Quando Davi soube que Saul tramava atacá-lo, disse a Abiatar: “Traga o colete sacerdotal”. 10 Então orou: “Ó Senhor, Deus de Israel, este teu servo ouviu claramente que Saul planeja vir a Queila e destruir a cidade por minha causa. 11 Será que os cidadãos de Queila me entregarão a ele? Saul virá de fato, conforme teu servo ouviu? Ó Senhor, Deus de Israel, responde-me”.

E o Senhor lhe disse: “Ele virá”.

12 E Davi, novamente, perguntou: “Será que os cidadãos de Queila entregarão a mim e a meus soldados a Saul?”

E o Senhor respondeu: “Entregarão”.

13 Então Davi e seus soldados, que eram cerca de seiscentos, partiram de Queila, e ficaram andando sem direção definida. Quando informaram a Saul que Davi tinha fugido de Queila, ele interrompeu a marcha.

14 Davi permaneceu nas fortalezas do deserto e nas colinas do deserto de Zife. Dia após dia Saul o procurava, mas Deus não entregou Davi em suas mãos.

15 Quando Davi estava em Horesa, no deserto de Zife, soube que Saul tinha saído para matá-lo. 16 E Jônatas, filho de Saul, foi falar com ele, em Horesa, e o ajudou a encontrar forças em Deus. 17 “Não tenha medo”, disse ele, “meu pai não porá as mãos em você. Você será rei de Israel, e eu lhe serei o segundo em comando. Até meu pai sabe disso.” 18 Os dois fizeram um acordo perante o Senhor. Então, Jônatas foi para casa, mas Davi ficou em Horesa.

19 Alguns zifeus foram dizer a Saul, em Gibeá: “Davi está se escondendo entre nós nas fortalezas de Horesa, na colina de Haquilá, ao sul do deserto de Jesimom. 20 Agora, ó rei, vai quando quiseres, e nós seremos responsáveis por entregá-lo em tuas mãos”.

21 Saul respondeu: “O Senhor os abençoe por terem compaixão de mim. 22 Vão e façam mais preparativos. Descubram aonde Davi geralmente vai e quem o tem visto ali. Dizem que ele é muito astuto. 23 Descubram todos os esconderijos dele e voltem aqui com informações exatas[a]. Então irei com vocês; se ele estiver na região, eu o procurarei entre todos os clãs de Judá”.

24 E eles voltaram para Zife, antes de Saul. Davi e seus soldados estavam no deserto de Maom, na Arabá, ao sul do deserto de Jesimom. 25 Depois, Saul e seus soldados saíram e começaram a busca, e, ao ser informado, Davi desceu à rocha e permaneceu no deserto de Maom. Sabendo disso, Saul foi para lá em perseguição a Davi.

26 Saul ia por um lado da montanha, e, pelo outro, Davi e seus soldados fugiam depressa para escapar de Saul. Quando Saul e suas tropas estavam cercando Davi e seus soldados para capturá-los, 27 um mensageiro veio dizer a Saul: “Venha depressa! Os filisteus estão atacando Israel”. 28 Então Saul interrompeu a perseguição a Davi e foi enfrentar os filisteus. Por isso chamam esse lugar Selá-Hamalecote[b]. 29 E Davi saiu daquele lugar e foi viver nas fortalezas de En-Gedi.

Footnotes:

  1. 23.23 Ou a mim em Nacom
  2. 23.28 Selá-Hamalecote significa rocha da separação.
Nova Versão Internacional (NVI-PT)

Biblia Sagrada, Nova Versão Internacional®, NVI® Copyright © 1993, 2000 by Biblica, Inc.® Used by permission. All rights reserved worldwide.

Salmos 54 Nova Versão Internacional (NVI-PT)

Salmo 54

Para o mestre de música. Com instrumentos de cordas. Poema de Davi, quando os zifeus foram a Saul e disseram: “Acaso Davi não está se escondendo entre nós?”

Salva-me, ó Deus, pelo teu nome;
defende-me pelo teu poder.
Ouve a minha oração, ó Deus;
escuta as minhas palavras.
Estrangeiros[a] me atacam;
homens cruéis querem matar-me,
homens que não se importam com Deus.Pausa

Certamente Deus é o meu auxílio;
é o Senhor que me sustém.
Recaia o mal sobre os meus inimigos!
Extermina-os por tua fidelidade!

Eu te oferecerei um sacrifício voluntário;
louvarei o teu nome, ó Senhor,
    porque tu és bom.
Pois ele me livrou de todas as minhas angústias,
e os meus olhos contemplaram
    a derrota dos meus inimigos.

Footnotes:

  1. 54.3 Alguns manuscritos do Texto Massorético dizem Arrogantes.
Nova Versão Internacional (NVI-PT)

Biblia Sagrada, Nova Versão Internacional®, NVI® Copyright © 1993, 2000 by Biblica, Inc.® Used by permission. All rights reserved worldwide.

1 Samuel 24 Nova Versão Internacional (NVI-PT)

Davi Poupa a Vida de Saul

24 Saul voltou da luta contra os filisteus e disseram-lhe que Davi estava no deserto de En-Gedi. Então Saul tomou três mil de seus melhores soldados de todo o Israel e partiu à procura de Davi e seus homens, perto dos rochedos dos Bodes Selvagens.

Ele foi aos currais de ovelhas que ficavam junto ao caminho; havia ali uma caverna, e Saul entrou nela para fazer suas necessidades. Davi e seus soldados estavam bem no fundo da caverna. Eles disseram: “Este é o dia sobre o qual o Senhor lhe falou:[a] ‘Entregarei nas suas mãos o seu inimigo para que você faça com ele o que quiser’”. Então Davi foi com muito cuidado e cortou uma ponta do manto de Saul, sem que este percebesse.

Mas Davi sentiu bater-lhe o coração de remorso por ter cortado uma ponta do manto de Saul, e então disse a seus soldados: “Que o Senhor me livre de fazer tal coisa a meu senhor, de erguer a mão contra ele, pois é o ungido do Senhor”. Com essas palavras Davi repreendeu os soldados e não permitiu que atacassem Saul. E este saiu da caverna e seguiu seu caminho.

Então Davi saiu da caverna e gritou para Saul: “Ó rei, meu senhor!” Quando Saul olhou para trás, Davi inclinou-se, rosto em terra, e depois disse: “Por que o rei dá atenção aos que dizem que eu pretendo fazer-lhe mal? 10 Hoje o rei pode ver com seus próprios olhos como o Senhor o entregou em minhas mãos na caverna. Alguns insistiram que eu o matasse, mas eu o poupei, pois disse: Não erguerei a mão contra meu senhor, pois ele é o ungido do Senhor. 11 Olha, meu pai, olha para este pedaço de teu manto em minha mão! Cortei a ponta de teu manto, mas não te matei. Agora entende e reconhece que não sou culpado de fazer-te mal ou de rebelar-me. Não te fiz mal algum, embora estejas à minha procura para tirar-me a vida. 12 O Senhor julgue entre mim e ti. Vingue ele os males que tens feito contra mim, mas não levantarei a mão contra ti. 13 Como diz o provérbio antigo: ‘Dos ímpios vêm coisas ímpias’; por isso não levantarei a minha mão contra ti.

14 “Contra quem saiu o rei de Israel? A quem está perseguindo? A um cão morto! A uma pulga! 15 O Senhor seja o juiz e nos julgue. Considere ele minha causa e a sustente; que ele me julgue, livrando-me de tuas mãos”.

16 Tendo Davi falado todas essas palavras, Saul perguntou: “É você, meu filho Davi?” E chorou em alta voz. 17 “Você é mais justo do que eu”, disse a Davi. “Você me tratou bem, mas eu o tratei mal. 18 Você acabou de mostrar o bem que me tem feito; o Senhor me entregou em suas mãos, mas você não me matou. 19 Quando um homem encontra um inimigo e o deixa ir sem fazer-lhe mal? O Senhor o recompense com o bem, pelo modo como você me tratou hoje. 20 Agora tenho certeza de que você será rei e de que o reino de Israel será firmado em suas mãos. 21 Portanto, jure-me pelo Senhor que você não eliminará meus descendentes nem fará meu nome desaparecer da família de meu pai”.

22 Então Davi fez seu juramento a Saul. E este voltou para casa, mas Davi e seus soldados foram para a fortaleza.

Footnotes:

  1. 24.4 Ou “Hoje o Senhor está dizendo:
Nova Versão Internacional (NVI-PT)

Biblia Sagrada, Nova Versão Internacional®, NVI® Copyright © 1993, 2000 by Biblica, Inc.® Used by permission. All rights reserved worldwide.

Salmos 57 Nova Versão Internacional (NVI-PT)

Salmo 57

Para o mestre de música. De acordo com a melodia Não Destruas. Poema epigráfico davídico. Quando Davi fugiu de Saul para a caverna.

Misericórdia, ó Deus; misericórdia,
    pois em ti a minha alma se refugia.
Eu me refugiarei à sombra das tuas asas,
    até que passe o perigo.

Clamo ao Deus Altíssimo,
a Deus, que para comigo
    cumpre o seu propósito.
Dos céus ele me envia a salvação,
põe em fuga
    os que me perseguem de perto;Pausa
Deus envia o seu amor e a sua fidelidade.

Estou em meio a leões,
    ávidos para devorar;
seus dentes são lanças e flechas,
suas línguas são espadas afiadas.

Sê exaltado, ó Deus, acima dos céus!
Sobre toda a terra esteja a tua glória!

Preparam armadilhas para os meus pés;
    fiquei muito abatido.
Abriram uma cova no meu caminho,
    mas foram eles que nela caíram.Pausa

Meu coração está firme, ó Deus,
    meu coração está firme;
cantarei ao som de instrumentos!
Acorde, minha alma!
    Acordem, harpa e lira!
    Vou despertar a alvorada!
Eu te louvarei, ó Senhor, entre as nações;
cantarei teus louvores entre os povos.
10 Pois o teu amor é tão grande
    que alcança os céus;
a tua fidelidade vai até as nuvens.

11 Sê exaltado, ó Deus, acima dos céus!
    Sobre toda a terra esteja a tua glória!

Nova Versão Internacional (NVI-PT)

Biblia Sagrada, Nova Versão Internacional®, NVI® Copyright © 1993, 2000 by Biblica, Inc.® Used by permission. All rights reserved worldwide.

Salmos 142 Nova Versão Internacional (NVI-PT)

Salmo 142

Poema de Davi, quando ele estava na caverna. Uma oração.

Em alta voz clamo ao Senhor;
elevo a minha voz ao Senhor,
    suplicando misericórdia.
Derramo diante dele o meu lamento;
a ele apresento a minha angústia.

Quando o meu espírito desanima,
    és tu quem conhece o caminho
    que devo seguir.
Na vereda por onde ando
    esconderam uma armadilha contra mim.
Olha para a minha direita e vê;
    ninguém se preocupa comigo.
Não tenho abrigo seguro;
    ninguém se importa com a minha vida.

Clamo a ti, Senhor, e digo:
    Tu és o meu refúgio;
és tudo o que tenho na terra dos viventes.
Dá atenção ao meu clamor,
    pois estou muito abatido;
livra-me dos que me perseguem,
    pois são mais fortes do que eu.
Liberta-me da prisão,
    e renderei graças ao teu nome.
Então os justos se reunirão à minha volta
    por causa da tua bondade para comigo.

Nova Versão Internacional (NVI-PT)

Biblia Sagrada, Nova Versão Internacional®, NVI® Copyright © 1993, 2000 by Biblica, Inc.® Used by permission. All rights reserved worldwide.

  Back

1 of 1

You'll get this book and many others when you join Bible Gateway Plus. Learn more

Viewing of
Cross references
Footnotes