A A A A A
Bible Book List

1 Samuel 28O Livro (OL)

Saul e a bruxa de Endor

28 A certa altura os filisteus convocaram o seu exército e prepararam-se para nova guerra contra Israel. “Vem ajudar-nos a combater”, disse o rei Aquis a David e aos seus companheiros.

“Está bem”, concordou David. “Verás em breve como podemos ser-vos úteis.”

“Se assim for, tornar-te-ás meu escudeiro para toda a vida”, acrescentou Aquis.

(Entretanto Samuel tinha morrido e Israel chorara o seu desaparecimento. Foi enterrado em Ramá, sua cidade natal. Note-se também que Saul tinha banido da terra de Israel tudo o que era bruxaria e consulta dos mortos.)

4/8 Os filisteus, pois, acamparam em Sunem, e Saul, mais os seus batalhões, em Gilboa. Quando Saul viu o vasto exército que os inimigos constituíam, ficou paralisado de terror e perguntou ao Senhor o que deveria fazer. No entanto o Senhor recusou responder-lhe, fosse por sonhos fosse através do urim ou mesmo pelos profetas. Então Saul deu instruções aos seus ajudantes para tentarem encontrar alguém que consultasse o espírito dos mortos, e a quem perguntasse o que devia fazer; com efeito ainda acharam uma mulher que fazia isso, em Endor. Saul disfarçou-se, vestindo roupas de gente vulgar e dirigiu-se a casa dela, de noite, acompanhado por dois dos seus homens.

“Eu pretendia falar com um homem que já morreu”, disse ele. “Consegues chamar o seu espírito?”

“Mas tu queres que eu seja morta?”, protestou ela. “Sabes bem o que Saul mandou fazer a todos os adivinhos e feiticeiros. O que tu estás é a armar-me uma cilada!”

10/11 Saul jurou-lhe solenemente que não a trairia. E por fim a mulher disse: “Bom, e então quem é que tu queres que eu faça vir em espírito?”

“Traz-me Samuel.”

12 Quando a mulher viu Samuel, gritou: “Enganaste-me! Tu és Saul!”

13 “Não tenhas medo de coisa nenhuma! Diz-me o que é que estás a ver.”

“Vejo um espectro subindo da terra.”

14 “Como é que é ele?”, perguntou Saul,

“É um ancião; está envolto numa túnica”, respondeu-lhe.

Saul viu então que se tratava de Samuel e inclinou-se perante ele.

15 “Porque é que me incomodaste, fazendo-me subir?”, perguntou-lhe Samuel.

“Porque estou profundamente perturbado. Os filisteus estão em guerra contra nós, Deus abandonou-me e não me responde, nem pelos profetas nem por sonhos. Por isso te chamei, para te perguntar o que devo fazer.”

16/19 Mas Samuel respondeu: “E por que razão me perguntas a mim, se o Senhor já te deixou e se tornou teu inimigo? Ele actuou tal como tinha dito antes e já te tirou o reino a ti para o dar ao teu rival David. Tudo isto veio sobre ti porque não obedeceste às instruções do Senhor, dando cumprimento ao ardor da sua ira sobre Amaleque. Agora, todo o exército de Israel será derrotado e destruído amanhã pelos filisteus. Tu e os teus filhos estarão aqui comigo.”

20/22 Saul então caiu estendido no chão, fulminado de terror pelas palavras de Samuel. É preciso dizer que ele também se encontrava muito enfraquecido, pois não tinha comido nada em todo aquele dia. Quando a bruxa viu a reacção dele, e o estado em que tinha ficado, disse: “Senhor, eu apenas obedeci às tuas ordens, com o risco da minha vida. Agora faz o que eu te digo — deixa-me dar-te qualquer coisa para comer, a fim de que ganhes forças para a viagem de regresso.”

23/25 Ele recusou. No entanto os companheiros insistiram para que aceitasse a oferta da mulher; por fim acedeu e sentou-se à beira da cama. A mulher tinha em casa uma bezerra cevada que se apressou a degolar; amassou também farinha e cozeu uns bolos asmos. Trouxe a comida ao rei e aos outros; eles comeram, encetando depois a viagem de regresso naquela mesma noite.

O Livro (OL)

O Livro Copyright © 2000 by Biblica, Inc.® Used by permission. All rights reserved worldwide.

  Back

1 of 1

You'll get this book and many others when you join Bible Gateway Plus. Learn more

Viewing of
Cross references
Footnotes