A A A A A
Bible Book List

1 Reis 12O Livro (OL)

Israel revolta-se contra Reboão

12 A coroação de Reboão deu-se em Siquem, e todo o Israel veio assistir à cerimónia. 2/4 Jeroboão, que ainda se encontrava no Egipto, para onde fugira do rei Salomão, ouviu sobre o que acontecia em Israel através dos seus amigos, que o pressionaram a que também viesse assistir à cerimónia, juntamente com todo o Israel em Siquem. Ele assim fez e tornou-se o cabecilha do povo para apresentar certos pedidos a Reboão: “O teu pai foi um senhor duro”, disseram eles a Reboão. “Não queremos que sejas nosso rei, a menos que prometas tratar-nos melhor do que ele fez.”

“Dêem-me três dias para pensar nesse assunto”, respondeu Reboão. “Voltem depois para ter a resposta.” E o povo foi-se embora.

Reboão foi discutir o assunto com os velhos conselheiros do seu pai Salomão: “O que é que pensam que devo fazer?”

“Se lhes deres uma resposta favorável e concordares em ser bom para eles e servi-los bem, poderás vir a ser o seu rei para sempre.”

Reboão no entanto recusou o conselho desses anciãos e mandou vir os moços que tinham crescido com ele, e eram os seus amigos: “Que acham vocês que eu devo fazer?”

10/11 “Diz-lhes assim: ‘Se julgam que o meu pai foi duro com vocês, eu sê-lo-ei ainda mais! Sim, o meu pai foi severo, mas eu serei ainda mais! Meu pai castigou-vos com chicotes, mas eu fá-lo-ei com escorpiões!’”

12/15 Dessa forma, quando o povo, ao fim dos três dias, veio saber a resposta, o novo rei respondeu-lhes rudemente. Ignorou pois o conselho dos anciãos e preferiu seguir o dos moços e recusou o pedido do povo. Mas nisso tudo estava a mão do Senhor, fazendo com que o novo rei agisse dessa maneira para cumprir a promessa feita a Jeroboão, pela boca de Aías, o profeta de Silo.

16/19 Quando o povo se deu conta de que o rei tinha realmente a intensão de fazer o que dissera e de não ouvir o pedido deles, começaram a gritar: “Abaixo com David e com todos os da sua família! Vão para casa! Que Reboão seja rei apenas da sua família!”

E todos se foram embora excepto a tribo de Judá, que permanceu leal e aceitou Reboão como rei. Quando o monarca enviou Adorão, que era administrador do serviço obrigatório, para fazer o alistamento dos homens das outras tribos, levantou-se um grande motim e apedrejaram-no até morrer. O rei Reboão conseguiu escapar num carro e fugiu para Jerusalém. Israel tem estado em rebelião contra a dinastia de David desde esse tempo.

20 Quando o povo de Israel soube do regresso de Jeroboão do Egipto, pediram-lhe que se apresentasse perante o povo numa grande reunião, e aí foi feito rei de Israel. Apenas a tribo de Judá se manteve sob a liderança de um descendente da família de David.

21/24 Quando o rei Reboão chegou a Jerusalém, convocou o exército — todos os homens aptos para a guerra de Judá e de Benjamim: 180.000 tropas especiais — para obrigarem o resto de Israel a reconhecê-lo como rei. Mas Deus enviou a seguinte mensagem a Semaías, o profeta: “Diz a Reboão, o filho de Salomão, rei de Judá, e a todo o povo de Judá e de Benjamim, que não devem combater contra os seus irmãos, o povo de Israel; diz-lhes que se demobilizem e voltem para suas casas, porque o que aconteceu a Reboão correspondeu à minha vontade.” Então o exército desfez-se, tal como o Senhor mandara.

Os bezerros de ouro em Betel e em Dan

25/27 Jeroboão depois construiu a cidade de Siquem, na região das colinas de Efraim, que ficou sendo a sua capital. Mais tarde construiu Penuel. Jeroboão pensou da seguinte forma: “Se eu não tiver cuidado, o povo pode requerer um descendente de David como seu rei. Quando forem a Jerusalém oferecer sacrifícios no templo, deixar-se-ão aliciar pelo rei Reboão; depois matar-me-ão e pedir-lhe-ão que se torne seu rei.”

28 Assim seguindo a opinião dos seus conselheiros, o rei fez dois bezerros de ouro e disse para o povo: “Não é preciso mais darem-se ao trabalho de irem a Jerusalém para adorar; daqui em diante, estes serão os vossos deuses — foram eles que vos tiraram do cativeiro do Egipto!”

29/31 Um desses bezerros foi posto em Betel e outro em Dan. Na realidade isto foi um grande pecado, porque o povo pôs-se efectivamente a adorá-los. Mandou igualmente fazer nichos sobre colinas e ordenou sacerdotes saídos da gente menos qualificada do povo, sem sequer ter cuidado em que fossem da tribo sacerdotal de Levi.

32/33 Jeroboão anunciou também que a festa anual dos tabernáculos se realizaria em Betel, a um de Novembro, uma data inteiramente do seu arbítrio, semelhante à que se realizaria em Jerusalém; ele próprio ofereceu sacrifícios sobre o altar dos bezerros em Betel e queimou incenso nele. Foi aí em Betel que ordenou os sacerdotes para os nichos sobre as colinas.

O Livro (OL)

O Livro Copyright © 2000 by Biblica, Inc.® Used by permission. All rights reserved worldwide.

  Back

1 of 1

You'll get this book and many others when you join Bible Gateway Plus. Learn more

Viewing of
Cross references
Footnotes